Delegado da Polícia Federal é rebaixado após investigar filho de Bolsonaro, diz coluna


O delegado da Polícia Federal (PF) Hugo de Barros Correa, ex-superintendente da PF no Distrito Federal, foi rebaixado de cargo após investigação que envolve Jair Renan Bolsonaro, filho “04” do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O policial estaria atuando com a parte burocrática da entidade, sendo responsável pela implementação interna do plano de saúde.

Correa atuou em um inquérito que investiga suspeita de tráfico de influência de Jair Renan, que teria facilitado encontros entre empresários e membros do governo e outro das fake news, que investiga ataques de bolsonaristas às instituições brasileiras.

O inquérito sobre possíveis crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro foi aberta pela PF em março de 2021, na esteira de um procedimento preliminar do Ministério Público Federal sobre o envolvimento de Jair Renan com um grupo empresarial do setor de mineração. A investigação apura suposta atuação do filho do presidente Jair Bolsonaro no agendamento de reunião com ministros de governo.

ESTADÃO CONTEÚDO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.