Após coma, policial que caiu de viaduto ao perseguir assaltante, no Ceará, deixa hospital


O policial militar Henrique Gonçalves, que caiu de um viaduto de cerca de 15 metros durante perseguição a suspeitos de assalto, deixou o hospital onde se tratava após 47 dias internado e foi para casa na tarde desta terça-feira (28), em Fortaleza. O momento foi registrado pela mulher do PM, a empresária Nara Feijó, que postou vídeos nas redes sociais.

Na saída do hospital, além de familiares, Henrique foi recebido por vários agentes da Polícia Militar e pela Banda de Música Major Xavier Torres, que comemoraram o momento.

O agente estava internado no Hospital Regional Unimed. No dia do acidente, ele foi socorrido para o Hospital Instituto José Frota (IJF), mas posteriormente, a família decidiu fazer a transferência de hospital. Agora, Henrique está em home care, seguindo o tratamento em casa.

Em nota, a Polícia Militar comemorou a alta de Henrique. "Com esforços, principalmente do próprio Cabo Gonçalves, hoje ele deixa a unidade hospitalar e segue em tratamento, em casa. Logo, toda família PMCE espera o ver de volta, nas patrulhas, com muita saúde e disposição."

O acidente com Henrique aconteceu no dia 11 de novembro. A PM informou no dia do ocorrido que criminosos assaltaram passageiros de um ônibus no Bairro Aerolândia e fugiram em direção a uma área de mata no Parque do Cocó.

O policial perseguiu os suspeitos e tentou saltar de um lado a outro do viaduto, onde há um vão entre eles. Henrique não alcançou a outra margem e caiu de uma altura aproximada de 15 metros. Ele foi socorrido por uma ambulância do Samu.

O policial chegou a ficar em estado gravíssimo, entrou em coma induzido e também realizou procedimentos cirúrgicos.

ISAYANE SAMPAIO | G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.