Operação apreende dinheiro e carros de luxo de facção que explora jogo do bicho no Ceará; vereador está envolvido


Uma operação da Polícia Civil contra uma organização criminosa que explora o jogo do bicho no Ceará apreendeu nesta quinta-feira (18) dinheiro, arma e veículos de luxo. A facção movimentou cerca de R$ 400 milhões entre 2016 e 2020 e tinha entre os membros um vereador e servidores públicos.

Durante a operação, foram cumpridos seis mandados de afastamento das funções públicas dos servidores públicos.

A "Operação Públio Vatínio" foi realizada com objetivo de desarticular o bando criminoso que atua nas cidades do Sul e Centro-Sul do Ceará. Além da exploração ilegal do jogo do bicho, os membros da organização são suspeitos de crimes contra administração pública nos municípios onde atuavam.

No total, foram cumpridos 97 mandados judiciais, entre ordens de busca e apreensão, medidas cautelares como uso de tornozeleira eletrônica, apreensão de bens como imóveis e veículos, além de bloqueio de contas bancárias.

Os mandados judiciais foram cumpridos nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Várzea Alegre e Fortaleza. As ordens judiciais foram determinadas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas em Fortaleza.

Entre os crimes investigados estão fraudes à licitação e outros crimes contra a administração pública no município de Juazeiro do Norte, no período de 2014 a 2020.

G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.