Grammy Latino acontece hoje com Anitta e homenagem à Marília Mendonça

Anitta irá se apresentar no Grammy Latino 2021(foto: Reprodução/Instagram)

O Grammy Latino 2021 acontece nesta quinta, 18 de novembro, em Las Vegas, Estados Unidos. Artistas como Christina Aguilera, Becky G, Anitta, Carlinhos Brown e Giulia Be irão se apresentar durante a premiação. Anitta também confirmou que será feita uma homenagem à Marília Mendonça. O evento será transmitido no Brasil, a partir das 22h, no canal Bis.

O cantor e compositor colombiano Camilo é o artista com mais indicações. Ao todo, ele concorre em dez categorias, incluindo álbum, gravação e canção do ano. Juan Luis Guerra, da República Dominicana, foi indicado em seis e o rapper espanhol C. Tangana em cinco. Entre os brasileiros, estão indicados nomes como Marília Mendonça, Maiara & Maraisa, Caetano Veloso, Anavitória, Barões da Pisadinha, Giulia Be, Duda Beat, Vitor Kley, entre outros.

A cantora cubana Gloria Estefan será a apresentadora do evento. Christina Aguilera irá apresentar a música "Pa Mis Muchachas" ao lado de Becky G, Nicki Nicole e Nathy Peluso. Rubén Blades também fará uma performance, com Roberto Delgado & Orquesta.

Outros artistas como Nella, Ozuna, Paula Arenas, Danna Paola, Banda El Recodo de Cruz Lizárraga, Calibre 50 e Los Dos Carnales também subirão ao palco do evento. Anitta, Giulia Be e Carlinhos Brown são os brasileiros que irão se apresentar.

Inicialmente, surgiram rumores de que Anitta iria fazer uma performance musical em homenagem à Marília Mendonça, mas a cantora negou e explicou que a homenagem será feita de outra maneira. "Quando aconteceu a fatalidade, eu conversei com os organizadores e perguntei se seria possível fazer um musical com uma música dela. Porém, a história na verdade é: eu tentei que fizessem isso, mas como era tudo em cima da hora, o que a gente conseguiu foi, e muito obrigada, um espaço super bacana de falar a história dela, uma homenagem, porém não vai ter esse musical", explicou. "Não sei se na parte brasileira do Grammy vai ter, mas na parte gringa não vai ter", disse.

Marília Mendonça está concorrendo na categoria de "Melhor Álbum de Música Sertaneja", com o álbum “Patroas”, que fez ao lado de Maiara & Maraisa.

Confira os brasileiros indicados ao Grammy Latino 2021:


Gravação do Ano
- “Si Hubieras Querido”, de Pablo Alborán
- “Todo de Ti”, de Raul Alejandro
- “Un Amor Eterno”, de Marc Anthony
- “A Tu Lado”, de Paula Arenas
- “Bohemio”, de Andrés Calamaro e Julio Iglesias
- “Vida de Rico”, de Camilo
- “Suéltame, Bogotá”, de Diamante Elécrtico
- “Amén”, de Ricardo Montaner, Mau y Ricky, Camilo e Evaluna Montaner
- “Dios Así Lo Quiso”, de Ricardo Montaner e Juan Luis Guerra
- “Te Olvidaste”, de C. Tangana e Omar Apollo
- “Talvez”, de Caetano Veloso e Tom Veloso

Álbum do Ano
- “Vértigo”, de Pablo Alborán
- “Mis Amores”, de Paula Arenas
- “El Último Tour Del Mundo”, de Bad Bunny
- “Salswing!”, de Rubén Blads, Roberto Delgado e Orquestra
- “Mis Manos”, de Camilo
- “Nana, Tom, Vinícius”, de Nana Caymmi
- “Privé”, de Juan Luis Guerra
- “Origen”, de Jaunes
- “Un Cantor Por México, vol. II”, de Natalia Lafourcade
- “El Madrileño”, de C. Tangana

Melhor Artista Revelação
- Guilia Be
- María Becerra
- Bizarrap
- Boza
- Zoe Gotusso
- Humbe
- Rita Indiana
- Lasso
- Paloma Mami
- Marcos Mares
- Juliana Velásquez

Melhor Álbum Instrumental
- “Entretiempo Y Tiempo”, de Oscar y Sergio Menem
- “Cristóvão Bastos e Rogério Caetano”, de Cristóvão Barros e Rogério Caetano
- “Canto da Praya - Ao Vivo”, de Hamilton de Holanda e Mestrinho
- “Le Petite Garage (live)”, de Ara Malikian
- Toquinho e Yamandu Costa - Bachianinha (live at Rio Montreux Jazz Festival), de Toquinho e Yamandu Costa

Melhor Álbum de Música Cristã
- “Catarse: Lado B”, de Daniela Araújo
- “Sarah Farias (ao vivo)”, de Sarah Farias
- “Seguir Teu Coração”, de Anderson Freire
- “Sentido”, de Leonardo Gonçalves
- “Eli Soares 10 Anos”, de Eli Soares

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa
- “Cor”, de Anavitória
- “A Bolha”, de Vitor Kley
- “Duda Beat&Nando Reis”, de Duda Beat e Nando Reis
- “Será que Você Vai Acreditar”, de Fernanda Takai
- “Chegamos Sozinhos em Casa, vol. 1”, de Tuyo

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa
- “Álbum Rosa”, de A Cor do Som
- “Emidoinã”, de André Abujamra
- “Oxeaxeexu”, de Baiana System
- “Assim Tocam Meus Tambores”, Marcelo D2
- “Fôlego”, de Scalene
- “O Bar Me Chama”, de Velhas Virgens

Melhor Álbum de Samba/Pagode
- “Rio: Só Vendo a Vista”, de Martinho da Vila
- “Sempre Se Pode Sonhar”, de Paulinho da Viola
- “Nei Lopes, Projeto Coisa Fina e Guga Stroeter no Pagode Black Tie”, de Nei Lopes, Projeto Coisa Fina e Guga Stroeter
- “Samba de Verão”, de Diogo Nogueira
- “Onze (músicas inéditas de Adoniran Barbosa)”, produzido por Lucas Mayer

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira
- “Canções D’Além Mar”, de Zeca Baleiro
- “H.O.J.E”, de Delia Fischer
- “Tempo de Viver”, de Thiago Holanda
- “Bom Mesmo é Estar Debaixo D’ÁGua”, de Luedji Luna
- “Do Meu Coração Nu”, de Zé Manoel

Melhor Álbum de Música Sertaneja
- “Tempo de Romance”, de Chitãozinho e Xororó
- “Daniel em Casa”, de Daniel
- “Patroas”, de Marília Mendonça e Maiara & Maraísa
- “Conquistas”, de Os Barões da Pisadinha
- “Pra Ouvir no Fone”, de Michel Teló

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa

- “Sambadeiras”, de Luiz Caldas
- “Do Coração”, de Sara Correia
- “Orin A Língua dos Anjos”, de Orquestra Afrosinfônica
- “Eu e Vocês”, de Elba Ramalho
- “Arraiá da Veva”, de Ivete Sangalo

Melhor Canção em Língua Portuguesa
- “A Cidade”, de João Pedro de Araújo Silva, Pedro Fonseca da Costa Silva, Marcos Mesmo, Francisco Ribeiro Eller, Luiz Ungarelli e Lucas Videla
- “Amores e Flores”, de Diogo Melim e Rodrigo Melim
- “Espera a Primavera”, de Nando Reis
- “Lágrimas de Alegria”, de Tales de Polli e Deko
- “Lisboa”, de Ana Caetano e Paulo Novaes
- “Mulheres Não Têm Que Chorar”, de Tiê Castro, Emicida e Guga Fernandes

Melhor Álbum de Engenharia de Gravação
- “BPM”, com Nelson Carvalho, Leo Aldrey, Rafael Giner e Tiago de Sousa
- “Bruma: Celebrating Milton Nascimento”, com Roger Freret, Claudio Spiewak e André Dias
- “El Madrileño”, com Orlando Aispuro Meneses e outros
- “Iceber”, com mauro Araújo, André Kassin e Carlos Freitas
- “Un Canto Por México, vol. II”, com Pepo Aguilar e outros

Ana Flávia Marques/O POVO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.