Stalking: adolescente suspeito de criar perfil falso e perseguir mulheres é autuado, no Ceará


A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (9) que um adolescente de 15 anos suspeito de ter criado um perfil falso para coagir as vítimas a enviarem fotos íntimas nas redes sociais foi autuado por meio de um ato infracional análogo ao crime de perseguição em ambiente virtual em Quixadá, no interior do Ceará.

De acordo com a instituição, a ação que resultou na elucidação do caso de stalking na cidade do Sertão Central do Estado foi realizada no último domingo (5).

As investigações iniciaram em junho, quando uma vítima registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) informando que a foto e o nome dela estavam sendo utilizados nas redes sociais para práticas ilícitas.

Ela vinha sofrendo retaliações na região devido ao fato de um perfil falso criado com os dados dela estar sendo usado para a prática de stalking, ou seja, perseguição por meio das redes sociais.

COAÇÃO

Com base nas denúncias, os policiais civis apuraram que o dono do perfil falso pedia fotos íntimas de mulheres da região e depois as coagia a enviar novas imagens, para que as primeiras não fossem divulgadas na internet.

No decorrer dos levantamentos, a Polícia Civil chegou ao nome de um adolescente de 15 anos que seria o dono do perfil falso e praticava o stalking contra as vítimas.

AUTUAÇÃO

Na tarde de domingo (5), foi cumprido um mandado de busca e apreensão em desfavor dele, que foi levado à Delegacia Regional de Quixadá, para onde também foi levado o celular do adolescente para a realização de perícia.

Depois da realização dos procedimentos, ele foi autuado em um ato infracional análogo ao crime de perseguição.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.