Mais sete militares são denunciados por envolvimento em motim da PM no Ceará

Homens encapuzados furam pneus de carros da polícia em Fortaleza — Foto: José Leomar/SVM

Sete policiais militares foram denunciados pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) por participação no motim da categoria, que aconteceu em Fortaleza e em outros municípios do Ceará no começo de 2020. Um major, um tenente e cinco sargentos estão entre os denunciados após comportamento inadequado durante uma ação criminosa dentro do 16º Batalhão, no Bairro Messejana, na madrugada do dia 19 de fevereiro do ano passado.

Conforme o documento emitido pelo MPCE, o Major Hermógenes Oliveira Landim, um dos denunciados, não adotou nenhuma providência concreta para preservar a vida dos agentes não envolvidos no motim, bem como o patrimônio público, quando criminosos rasgaram mais de 80 pneus de 20 viaturas da unidade.

O 1º Tenente Francisco Ricardo Holanda Pinheiro Junior também é denunciado por conduta omissa, porque não agiu para coibir e fazer cessar as solicitações na frequência de rádio da Área Integrada de Segurança (AIS), convocando os militares de serviço para abandonar os postos e fossem se juntar aos criminosos que invadiram o 18º BPM, e também quando não adotou providências para resguardar o perímetro militar do 16º BPM, no Bairro Antônio Bezerra.

Já os outros militares denunciados, os sargentos Cleyton Andrade dos Santos, Antônio Oséas Araújo de Oliveira, Francisco Soares Frota, Francisco Cleriton Martins Soares e Fernando Antônio Chagas Costa foram notificados por mal cumprir os deveres de militares de serviço na guarda do 18º BPM, e devido às negligências dos agentes, dezenas de viaturas foram danificadas.

Conforme solicitação do MPCE, o major e o tenente devem responder pelo crime de omissão de eficiência da força, a ser agravado pelo fato de que ambos estavam de serviço; e os sargentos por crime de inobservância de lei, regulamento ou instrução, porquanto com suas condutas negligentes, fracassaram nas suas missões como integrantes da guarda do quartel.

G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.