Hospital Regional de Sobral retoma visitas a pacientes


O Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado, administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), retomou ontem (9), as visitas a pacientes que não têm diagnóstico de Covid-19 internados na unidade.

O retorno gradual das visitas, suspensas desde o dia 23 de março, foi possível graças à redução das internações por Covid-19 no hospital, que é referência no atendimento a casos de média e alta complexidade da doença para 55 municípios. Segundo a diretora de gestão e atendimento interina do HRN, Sabrina Becker, todos os cuidados serão tomados para garantir a segurança de pacientes, visitantes e profissionais.

“Os visitantes serão orientados quanto à obrigatoriedade do uso de máscaras e à necessidade de seguir todas as recomendações de higienização das mãos e distanciamento social”, explicou. Os visitantes não podem pertencer aos grupos de risco para Covid-19 e apresentar sinais e/ou sintomas gripais.

O hospital orientará as famílias dos pacientes internados no hospital quanto ao protocolo estabelecido para o retorno das visitas.

Fases da retomada 

A princípio, a retomada ocorrerá em duas fases. Na primeira fase, de 09 a 22 de setembro, foram definidos horários diferentes para os setores de internação. As visitas nas clínicas médicas ocorrerão no horário de 10h30 às 11h30. Na clínica cirúrgica, de 14h às 15h e nas clínicas obstétricas e UTIs adulto serão de 16h às 17h. As visitas estendidas nas UTIs adulto serão retomadas apenas em um turno por dia avaliado pelo setor caso a caso. UTI pediátrica, clínica pediátrica e neonatologia seguem com a permissão de um acompanhante e com visitas ainda suspensas. 

Na fase 2, de 23 de setembro a 6 de outubro, serão retomadas as visitas para pacientes nas observações intermediárias adulto I e II. Na intermediária I, serão no horário de 14h às 15h e na intermediária II, de 10h30 às 11h30. Na observação breve adulto, na observação intermediária adulto III, na emergência pediátrica e nos setores adultos e pediátricos Covid-19, as visitas permanecem suspensa. As visitas nos demais setores serão definidas em fases posteriores.

TERESA FERNANDES / ASCOM HRN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.