Chefe do tráfico que fugiu de presídio é preso no interior do Ceará


Um homem apontado pela polícia como chefe de uma organização criminosa que atuava na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, foi preso em flagrante nesta quinta-feira (3). Ele foi capturado dentro de um imóvel no município de Ubajara, no interior do Ceará, com arma de fogo, documento de identificação falso e com um caderno de anotações sobre o tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Alisson Gomes, adjunto da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Gutemberg de Sousa Nogueira estava foragido da Justiça do Ceará desde 2016, quando fugiu do Centro De Privação Provisória de Liberdade (CPPL 1), em Itaitinga, na Grande Fortaleza.

Gutemberg de Sousa é suspeito de comandar uma organização criminosa na cidade de Pacajus e de ordenar crimes na região por celular e por recados enviados para membros do grupo criminoso. Segundo o delegado, o suspeito não morava na cidade por existir um mandado de prisão em aberto contra ele pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas.

Conforme o delegado, com o suspeito, a polícia encontrou uma arma de fogo e um caderno com anotações sobre o tráfico de drogas. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação, tráfico de drogas, posse ilegal de armas de fogo e uso de documento falso.

"Contra ele constava um mandado de prisão por homicídio e tráfico de drogas já oriundos de condenação, além do que no momento da sua prisão, no cumprimento desse mandado, ele também foi autuado em flagrante porque em seu poder tinha uma arma de fogo, um revólver calibre 38, além de um RG falso, ele utilizava justamente para manter sua condição de foragido", conta o delegado.

Gutemberg de Sousa foi levado para a Draco, onde o flagrante foi registrado. A Delegacia Metropolitana de Pacajus, que também participou da operação, também investiga o caso.

G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.