Ronaldinho Gaúcho e Assis são soltos pela Justiça paraguaia

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão dele Roberto de Assis foram liberados pela Justiça paraguaia nesta segunda-feira (24) e já podem voltar para o Brasil depois de mais de 5 meses presos.

Ronaldinho Gaúcho e Assis foram detidos pela polícia do Paraguai no início do mês de março sob a acusação de portarem passaportes falsos. O ex-jogador deve pagar uma multa no valor de mais de R$ 500 mil e Assis no valor de mais de R$ 600 mil.

O ex-atleta deve avisar a Justiça do Paraguai quando for viajar para fora do Brasil, já o seu irmão Assis deve se apresentar a uma autoridade judicial brasileira a cada quatro meses.

C NEWS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.