PM inala fumaça e é hospitalizado após resgatar idosa e três crianças de incêndio no Ceará


O soldado da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Welson Gomes da Silva, de 25 anos, está intubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Doutor José Frota (IJF), após ajudar no resgate de uma idosa e de três crianças após uma casa pegar fogo, por volta do meio-dia desta quarta-feira (22), no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza.

O militar, lotado na 1ª CIA do 18º BPM, foi internado apresentando lesões por inalação de fumaça. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, o quadro de saúde do policial é estável e uma equipe médica do IJF está dando "toda assistência e atenção" necessárias para a sua recuperação.

Os resgatados na casa foram uma mulher tem 87 anos e duas crianças, de 5 e 7 anos, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde delas ou do que teria provocado o incêndio. Uma terceira criança, moradora de uma casa vizinha, também foi resgatada após as chamas se alastrarem para o imóvel.

Acompanhado por outros colegas de farda, o soldado passava em uma viatura em frente à residência, na rua Padre Perdigão Sampaio, quando percebeu a fumaça saindo de dentro do imóvel e resolveu ajudar.

"Ele estava passando, viu que a casa estava pegando fogo, que tinha muita fumaça, mas mesmo assim entrou e resgatou duas crianças. Depois, voltou e subiu pra parte superior, onde tinha uma senhora de 87 anos. A casa começou a querer desabar, então ele saiu por trás com essa senhora nos braços", detalha uma fonte da polícia que não será identificada. O incêndio deixou a casa destruída.

Segundo ele, o PM foi levado inicialmente ao Frotinha do Antônio Bezerra pelos próprios colegas policiais, mas depois foi transferido para o IJF e submetido a exames. "Ele inicialmente voltou ao trabalho, mas se sentiu mal horas depois, desmaiou e foi socorrido para o Frotinha", complementa a fonte.

A Polícia Militar do Ceará declarou, por meio da Secretaria da Segurança Pública, que "está prestando total apoio ao policial, acompanhando-o através da Coordenadoria de Saúde e Assistência Social e Religiosa (CSASR) e de seu comandante imediato". Ainda de acordo com a PMCE, o "Comando Geral da Corporação já solicitou o relatório da ocorrência para instauração de comissão de meritoriedade aos policiais".


G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.