Hospital de Campanha do Regional Norte tem média de 3,5 pacientes recuperados por dia

A macrorregião de Sobral registra 21.919 casos confirmados da doença e 677 mortes. As cidades de Sobral (5.689), Camocim (1.592) e Acaraú (1.469) concentram o maior número de infectados. | Foto: Divulgação

"Estou muito feliz e agradecendo a Deus pois é uma doença séria. Peço que todos se recuperem”. O relato é de Antônio Edvar, de 58 anos, que na última segunda-feira (22) recebeu alta médica do Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, após passar 12 dias internado. Ele se junta a outros 58 pacientes que venceram a Covid-19 na unidade de campanha do HRN. Por dia, em média 3,5 pessoas recebem alta do anexo, que recebe quadros com melhora clínica.

Residente em Meruoca, ele foi transferido para o Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, onde chegou a precisar de aparelhos para respirar. “Fui melhorando, até que não precisei mais”, comemora Antônio. Ele, que é deficiente visual, mora com a esposa, Tereza de Mesquita Araújo, 57, que também chegou a ficar doente, mas não precisou da internação.

O aposentado foi internado no último dia 11 e passou pela Emergência, Clínica Covid-19 e, nos últimos dias de recuperação, pelo Hospital de Campanha. A unidade fica no ambulatório do HRN e recebe pacientes com melhora clínica. Nesta quarta (24), a unidade chegou ao 17ª dia de funcionamento com uma média superior a três altas hospitalares por dia - um total de 59 recuperações, sendo Antônio a 50ª. Somente ontem (24), foram quatro altas; já na segunda (22), quando o hospital completou 15 dias, seis pacientes puderam ir para casa.
  1. Fortaleza: 59.560 confirmações (4.587 óbitos);
  2. Sobral: 21.919 confirmações (677 óbitos);
  3. Sertão Central: 5.916 confirmações (195 óbitos);
  4. Cariri: 5.608 confirmações (220 óbitos)
  5. Litoral Leste/Jaguaribe: 4.757 confirmações (136 óbitos).
Os números são de alento à região que se tornou o epicentro da doença no interior do Estado. Segundo a Plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa) do Ceará, às 16h41 desta quarta-feira (24), a macrorregião de Sobral - composta por 55 municípios, registra 21.919 casos confirmados da doença e 677 mortes. As cidades de Sobral (5.689), Camocim (1.592) e Acaraú (1.469) concentram o maior número de infectados. Somente a macrorregião de Fortaleza tem mais casos confirmados da doença (59.560).

Recuperação
“Comecei a sentir dor no corpo, de cabeça, febre e depois falta de ar, até que não suportei mais e fui pro hospital”, lembra Antônio. “Fui primeiro no hospital de Meruoca, onde moro, e eu mesmo pedi a transferência pro HRN. Quando fui internado já estava há 17 dias com os sintomas. Fiquei cinco dias no oxigênio. Fui melhorando, até que não precisei mais”, lembra o aposentado, que possui uma “inflamação crônica na cabeça”, que prejudica sua visão, quadro que foi agravado pelo novo coronavírus.

“Fui muito bem cuidado lá [no hospital] e muito bem medicado. Não faltava nada pra gente”. 
Para Etelvina Sampaio Melo, enfermeira e coordenadora do Hospital de Campanha do HRN, o momento é de alívio tanto para pacientes como para a equipe médica. “Nestes 17 dias, a gente vem observando a evolução dos pacientes. Eles ficam em média cinco dias e recebem alta”, explica, ressaltando que, sempre que possível, é feito o ritual de comemoração para a alta hospitalar, no corredor. “O mais importante é que estamos tendo retorno. Além dos pacientes, a equipe se sente muito bem também”.  

O Hospital de Campanha começou a funcionar dia 7 deste mês, com 42 leitos de enfermaria de média complexidade para tratamento de pacientes com Covid-19. Destes, 25 estavam ocupados até a tarde desta quarta (24). Com o incremento, o HRN passou a ter 218 leitos Covid-19 - sendo 114 de enfermaria e 104 de Unidade de Terapia Intensiva. O Regional Norte atende uma população estimada em 1,6 milhão de pessoas, de 55 municípios.

Por conta da quantidade de casos na região, o Governo do Estado vem ampliando a rede de assistência.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.