Critérios para doação de sangue de homossexuais são renovados no Ceará


Começou na semana passada a adequação do protocolo para doação de sangue nas unidades do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza e no interior.

O Hemoce compõe a rede pública da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Ceará e essa medida atende a uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e à recomendação do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

Segundo a determinação do STF, homens que fazem sexo com homens e tem vida sexual ativa devem doar sangue, anulando o antigo critério dos hemocentros do país, que impediam doações dessa natureza, num período de doze meses antes da coleta.

Os homossexuais ativos que desejam fazer uma doação vão realizar a triagem clínica habitual, devendo ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50kg, estar saudável, bem alimentado e apresentar um documento oficial com foto, assim como todos os demais doadores.
  
A orientação sexual não é um critério para doar. Os critérios utilizados são baseados em evidências epidemiológicas e científicas de acordo com o Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Em Sobral, o Hemoce fica localizado na rua José Maria Mont'Alverne, no bairro da Santa Casa. Confira os contatos: (88) 3677.4624 / 3677.4627

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.