Sobral adota testagem de Covid-19 em 37 Centros de Saúde da cidade


Cidade do interior do Ceará com maior número de casos confirmados de Covid-19, Sobral passou a adotar a testagem rápida da doença de forma descentralizada. A coleta do material nos pacientes com quadro sintomático pode ocorrer, desde a última semana, em qualquer um dos 37 Centros de Saúde da Família do município. Os pacientes precisam apresentar sintomas há pelo menos sete dias.

O objetivo da medida é diminuir o deslocamento das pessoas com quadro suspeito e, com isso, limitar a propagação do vírus.

O município já registra 1.159 casos e 43 óbitos em decorrência da doença. Dos municípios cearenses, Sobral fica atrás, apenas, de Fortaleza (20.146) e Caucaia (1.226), na Região Metropolitana de Fortaleza. Além disso, a cidade registra 681 pessoas curadas, o que representa 2,93% do número total no Ceará, de 23.204 pacientes recuperados.

O índice elevado de casos pode ser consequência do maior número de testes realizados. Em relação a este número, Sobral só fica atrás de Fortaleza, que realizou 3.680 coletas. Já no município da região Norte foram feitos 3.661 testes rápidos, média superior a observada no interior. Para ter ideia, das cinco cidades com maiores números de casos confirmados da doença, Caucaia (2.850), Maracanaú (2.031) e Itapipoca (907) realizaram menos testes que Sobral.

Consórcio

Para reforçar o número, Sobral recebeu nesta terça (26) mais 820 testes rápidos para Covid-19 e 7 mil máscaras N95 para uso exclusivo dos profissionais de saúde. O material foi adquirido por meio do Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Sobral (CPSMS), que atende 24 municípios consorciados. Ao todo, 20 mil máscaras N95 e 2.500 testes rápidos foram distribuídos entre estas cidades.

“A ideia do prefeito Ivo Gomes, que preside o Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Sobral, é continuar investindo recursos do consórcio para apoiar os municípios durante a pandemia”, destaca Carlos Hilton Soares, diretor executivo do CPSMS.

Procedimento

A médica e assessora técnica da Secretaria da Saúde de Sobral, Josiane Dorneles, explica que quem apresentar febre, tosse seca, dor de garganta, cansaço ou dificuldades para respirar deve procurar o centro de saúde mais próximo.

O teste é realizado em pacientes que apresentem os sintomas há pelo menos sete dias. Nos casos em que a pessoa busca uma unidade antes de completar uma semana com os sintomas, a recomendação é que esta seja acompanhada por uma equipe médica e que seja feito o agendamento da coleta do material.

“Essa orientação é importante para melhorar a eficácia do exame. Testes realizados antes deste prazo (7 dias) podem gerar um falso negativo”, explica a médica.

A prioridade para testagem são servidores que atuam na área da saúde, na linha de frente, e familiares de pacientes que já testaram positivo para a doença. Após a coleta, o material é levado para o Centro de Referência em Infectologia, onde os exames são processados. Os pacientes que tiveram o material coletado pelo período da manhã, recebem o resultado à tarde. Já os resultados dos procedimentos ocorridos no período da tarde são divulgados na manhã do dia seguinte.

Medidas rígidas

Por conta do número elevado de casos da doença, foi prorrogado o decreto que endurece o isolamento social na cidade. A determinação tem validade até 1º de junho e regulamenta a comercialização de produtos não essenciais em Sobral. Com as novas medidas, ficou determinado ainda que os estabelecimentos de serviços não essenciais só poderão comercializar seus produtos por delivery. Além disso, ficou proibido o atendimento por meio de drive-thru em todas as atividades.

Na noite desta segunda-feira (25), o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, se reuniu com o secretário da saúde do Ceará, dr. Cabeto, em reunião virtual que avaliou a evolução dos números no município. Na ocasião ficou definida a visita de uma equipe da Secretaria da Saúde do Estado para levantar quais as principais necessidades da rede de saúde de Sobral no fortalecimento no combate à Covid-19.

RODRIGO RODRIGUES | G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.