Queda de avião deixa mortos em São Benedito


Quatro pessoas morreram após um avião de pequeno porte, que levava um paciente com coronavírus para Teresina, no Piauí, cair na Serra de São Benedito, município da Região da Ibiapaba, no Interior do Ceará, na noite desta sexta-feira, 15. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Sobral, as vítimas seriam o piloto, dois médicos e o paciente, identificado como Pedro José Ferreira de Meneses. Acidente teria ocorrido por volta das 19 horas e foi confirmado pelo prefeito da cidade, Gadyel Gonçalves (PCdoB).

Segundo o Aeroporto de Sobral repassou ao Corpo de Bombeiros, o avião pousou no município com o piloto e dois médicos para auxiliar a transferência. Conforme o Tenente-coronel Moraes, a aeronave decolou de Teresina e buscou Pedro, que era médico, em Sobral. De acordo com a Secretaria de Saúde de Sobral, que apura as informações, "um paciente médico fretou uma aeronave para ir ficar com a família". Pedro era um pneumologista piauiense com atuação no Ceará.

O piloto, Paulo César Magalhães Costa, tinha mais de 40 anos de experiência em aviação. Ele pilotava uma aeronave de modelo "Seneca" e já prestou serviços para o senador Ciro Nogueira (PP) e para o ex-governador do Piauí, Zé Filho. Os outros ocupantes eram o médico Carlo Victor e uma enfermeira identificada apenas como Samara.

De acordo com os Bombeiros, as causas do acidente ainda estão sendo apurados. Perícia já estaria atuando na localidade da queda.



MATHEUS FACUNDO / O POVO ONLINE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.