Partidos de oposição entram com pedido de impeachment de Bolsonaro

Manifestantes pedem o impeachment de Bolsonaro em frente ao Congresso Nacional | Foto: Sérgio Lima/Poder360

Partidos de oposição protocolaram ontem (21) na Câmara dos Deputados 1 pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Entre as legendas que assinaram o pedido estão PT, PCdoB, PCB, PCO, PSTU e UP, junto com mais de 400 organizações da sociedade civil. A Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) é uma das signatárias.

CLIQUE AQUI PARA VER O PEDIDO NA ÍNTEGRA.

O presidente é acusado de cometer crimes de responsabilidade e atentar contra a saúde pública ao violar recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre não promover aglomerações para evitar a propagação da covid-19.

Bolsonaro incentivou e compareceu a manifestações de rua durante a pandemia, que já matou 330 mil pessoas pelo mundo. Nos protestos, chegou a cumprimentar, abraçar e tirar selfies com os manifestantes.

Outros argumentos usados para a instalação do processo são falas de Bolsonaro contra o STF (Supremo Tribunal Federal); a convocação de Bolsonaro para uma “guerra contra governadores” que discordem dele sobre as medidas de isolamento social e o bloqueio da compra de respiradores e outros equipamentos de saúde por Estados e municípios.

Também são citados o apoio do presidente ao grupo “300 do Brasil”, 1 dos principais organizadores das manifestações, e a suposta incitação das Forças Armadas contra a democracia.

Em 19 de abril, durante 1 protesto em frente ao comando do Exército, em Brasília, Bolsonaro subiu em cima de uma caminhonete e discursou em 1 ato cuja uma das principais pautas era a volta do AI-5 –ato instaurado durante a ditadura militar brasileira que fechou o Congresso Nacional e impunha medidas rígidas de controle do Estado sobre a população.

No Facebook, a Fenaj disse que “esta iniciativa é diferente de outros pedidos de impeachment já realizados porque tem 1 peso político e social, uma vez que reúne 1 amplo campo unitário de organizações do movimento popular, social e da juventude”.

PODER 360

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.