Ex-bispo de Sobral tem morte confirmada por Coronavírus


Exame comprovou que o arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, morreu devido à Covid-19. A informação foi divulgada pela assessoria da Arquidiocese da Paraíba, nesta quarta-feira (15). O religioso morreu na tarde desta terça-feira (14). Ele estava internado em unidade de terapia intensiva (UTI) em um hospital de Fortaleza. Dom Aldo di Cillo Pagotto tinha 70 anos e atuava no ministério no Santuário São Benedito, no Centro da Capital cearense.

O Ceará confirmou, até a tarde desta quarta-feira, 124 óbitos por coronavírus. O Estado tem 2.291 casos confirmados.

O corpo de Dom Aldo Pagotto, que estava mantido em câmara fria até a divulgação do resultado do exame, seguiu direto do hospital para o mausoléu do santuário. Em comunicado dos Sacramentinos, foi informado que a celebração de sepultamento que estava programada foi cancelada após orientação médica.

Arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo tinha 70 anos e enfrentava um câncer. Natural de São Paulo, tinha fortes laços com o Ceará. Encerrou o ciclo de evangelização em Fortaleza com passagens anteriores por Sobral, na Região Norte, além do estado da Paraíba.

TRAJETÓRIA

O religioso nasceu no dia 16 de setembro de 1949 em Santa Bárbara D’Oeste (SP). Durante a preparação para a vida sacerdotal, Dom Aldo estudou filosofia e teologia no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, em Caratinga (MG) e no Seminário São Pio X.

Em 7 de dezembro de 1977, foi ordenado presbítero. Vinte anos mais tarde, em 31 de outubro de 1997, recebeu o título de bispo por Dom Cláudio Hummes, à época, arcebispo de Fortaleza.

Ainda em 1997, Dom Aldo esteve à frente da Diocese de Sobral, onde permaneceu até 2004. De acordo com a Arquidiocese de Fortaleza, em sua gestão no município, ele ordenou 11 padres e trabalhou pela criação dos cursos de Direito e Medicina.

Ao deixar a cidade cearense, o religioso mudou-se para João Pessoa, na Paraíba. Lá, ele esteve à frente da igreja católica por 12 anos. Dom Aldo deixou o cargo em 2016 alegando problemas de saúde. Desde então, atuou em Fortaleza.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.