Cid Gomes defende "ampla aliança" com PT para eleições em Fortaleza

Cid Gomes (PDT) durante o aniversário do presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Sarto (PDT) / Foto: Foto: Assembléia Legislativa

Licenciado para articular o PDT por todo o Estado e também costurar alianças para as eleições municipais, o senador Cid Gomes afirmou que jogará fichas até o último momento para que o PT possa estar na ampla aliança com a qual o candidato pedetista certamente entrará na disputa à Prefeitura de Fortaleza.

Um dos nomes cogitados para a disputa, aliás, é José Sarto (PDT). O presidente da Assembleia comemorou aniversário nesta quinta-feira, 13, na Casa, motivo que justificou a presença de Cid.

Ferreiragomista desde a metade dos anos 1990, Sarto é cotado à disputa majoritária nos bastidores, ao lado do secretário de Governo de Fortaleza, Samuel Dias, e também da vice-governadora Izolda Cela (PDt), por exemplo. Um dos argumentos usados pelo ex-governador para dar a pactuação as duas agremiações como possível passou plano estadual, no qual Camilo Santana, um petista, governa em aliança com o PDT dele e do irmão Ciro Gomes.

Anterior ao nome do postulante é a construção de uma composição para entrar na disputa, diz Cid. "Mais à frente vamos discutir potenciais aliados, dentre os quais eu incluiria o PT, nosso aliado no Estado e em Sobral."

Um petista disse reservadamente a O POVO que a maioria no partido é antipática a este entendimento eleitoral. Mesmo com todas as avaliações, o senador destacou que caberá ao prefeito Roberto Cláudio (PDT) conduzir as discussões que resultarão nesta definição. Porém, como todos os pedetistas, inclusive RC, dizem quando abordados sobre o assunto, o momento para Cid é de foco na agenda administrativa.

FILIPE PEREIRA / O POVO ONLINE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.