XIII Encontro Mestres do Mundo leva os Tesouros Vivos da cultura cearense para Sobral

Saberes ancestrais serão compartilhados em Sobral / Foto: Jane Oliveira
Desde que recebeu o reconhecimento como mestra pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), em 2018, a doceira Rita de Cássia da Cunha, 85 anos, ainda não pôde compartilhar muitos momentos com os colegas de título e saber. A situação, porém, vai mudar entre dias 4 e 7 de dezembro, quando a cidade de Sobral, onde ela reside, sediará pela primeira vez o XIII Encontro Mestres do Mundo.

A anfitriã, acompanhada da sobrinha Tomázia Cunha, 68 anos, a quem transmitiu todo o conhecimento, já se organiza para receber os visitantes com um dos destaques da gastronomia local: o doce de fartes. A iguaria portuguesa, que chegou ao Brasil durante a colonização, tem massa bem fina e aqui ganhou uma adaptação no recheio. Em vez de nozes, traz castanha de caju; e no lugar de ovo, carrega gengibre. Tudo isso com leite de coco e batido no pilão de madeira, da forma mais rústica possível.

“Desde que eu ganhei esse título de mestre, as coisas melhoraram muito. Logo quando eu comecei era muito difícil, quase não tinha ninguém para encomendar, mas depois do reconhecimento e das matérias de jornal aumentou demais a procura. O financeiro melhorou bastante”, conta Dona Rita pelo telefone. Apesar de não enxergar mais tão bem, ela confia na sobrinha para dar continuidade ao seu trabalho e também para levá-la a eventos de partilha de conhecimento como o dessa semana.

Sobral disputou com Canindé para ser a cidade-sede dessa reunião, cuja primeira edição aconteceu em 2005, em Limoeiro do Norte, e nos últimos anos vem sendo realizada em caráter itinerante. A escolha de 2019, segundo o secretário da Cultura do Estado, Fabiano Piúba, deu-se por dois motivos: o apoio logístico oferecido e o fato de o Sítio Histórico de Sobral estar completando duas décadas de tombamento como Patrimônio Material reconhecido pelo Iphan.

“Quisemos associar um patrimônio material com uma ação direta de patrimônio imaterial”, evidencia Fabiano, ressaltando que o Encontro terá como cenário exatamente este Centro Histórico do município, localizado a 231 km de Fortaleza.

CONCEITO

Em 2019, é sobre o tema “Construindo Resistência entre Girassóis e Mandacarus” que os 78 Mestres e Mestras da Cultura vivos, os 13 grupos e as 3 coletividades titulados irão conversar. “Essa questão da resistência da política para cultura, para as artes, é algo imprescindível. O Ceará é uma luz acesa para o Brasil no tocante às políticas culturais e o Encontro Mestres do Mundo é uma afirmação disso”, defende o secretário da Cultura.

Nesse sentido, um seminário interdisciplinar, realizado no período da tarde, discutirá a ideia de “Patrimônio: territórios ameaçados, riscos às comunidades tradicionais e originárias”, no Teatro São João. Durante a manhã, os mestres se reunirão em vivências e rodas de conversa; e à noite acontecerão as atividades culturais, com apresentação de grupos daqui e de fora, vindos do Amapá, Piauí, Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte e até do México. O Pará também vem com uma representante: Dona Onete, que realiza show gratuito no encerramento.

A maranhense Maria do Maracanã, presidente do Boi do Maracanã, manifestação secular do estado vizinho, é uma das convidadas ansiosas pelo Encontro. Segundo ela, será a primeira vez que o grupo vem ao Ceará. Dos mais de mil brincantes, somente 48 poderão fazer parte da festa. “Estamos todos ansiosos, porque além da apresentação também participaremos de rodas de conversa e visitaremos uma escola”, adianta.

Durante todos os dias do evento, o público poderá desfrutar, ainda, de ambientes com programação permanente: Espaço dos Encantados, local de valorização dos saberes e fazeres dos Mestres que se foram; Feira de Artesanias, com saberes e fazeres artesanais; Feira de Gastronomia Tradicional, com a participação da comunidade e pratos da culinária tradicional local; Pintura Corporal, pelo povo indígena Wajãpi (AP); e o Espaço Solidário e Inclusivo, privilegiando a economia da cultura e agricultura familiar das comunidades tradicionais do Ceará.

Serviço
XIII Encontro Mestres do Mundo. De 4 a 7 de dezembro de 2019, em Sobral (CE).
Horário: De 9h à meia noite. Programação completa em: mestresdomundo.org.br. Gratuito.

ROBERTA SOUZA / DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.