Infrações da Lei Seca nas rodovias cearenses cresce 64% em 2019

Foram mais de 4,6 mil ocorrências no ano; em 3,4 mil casos o motorista recusou o teste — Foto: Kid Junior/SVM
O número de motoristas autuados com base na Lei Seca vem crescendo nas estradas cearenses. Entre janeiro e o dia 25 de dezembro deste ano, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registraram 4.617 infrações, 64,5% maior que o observado no mesmo período de 2018.

Desse montante, 1.179 registros foram por dirigir sob efeito de álcool e 3.438 pela recusa ao teste do bafômetro. As infrações estão previstas nos artigos 165 e 165 – A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), consideradas gravíssimas, com multa no valor de R$ 2.930,70, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e retenção do veículo.

O crescimento dos casos está relacionado à nomeação de novos servidores, segundo o superintendente do Detran-CE, Igor Ponte. "Fortaleza e muitos outros municípios ganharam novas equipes de fiscalização, reforçando os times já existentes e ampliando a atuação do órgão que está fechando o ano com quase 10 mil operações. Além disso, o órgão está investindo constantemente em infraestrutura e na aquisição de novos etilômetros", afirma.

Conforme destaca, o reforço na fiscalização, normalmente realizado nos fins de semana e feriados prolongados, é realizado principalmente nas rodovias que levam aos destinos mais procurados do litoral cearense, como a CE-040 e CE-085.

Somente durante a Operação de Natal, realizada entre 20 e 25 de dezembro, 85 autuações foram registradas pelos órgãos. Nesse período, 6.338 veículos foram abordados, segundo o Detran Ceará.

De janeiro a 25 de dezembro de 2018, foram contabilizadas 2.804 autuações com base na legislação, sendo 742 motoristas flagrados dirigindo alcoolizados e 2.062 por não aceitarem fazer o teste do bafômetro.

Operação réveillon
A operação de Ano Novo teve início em 27 e dezembro e vai até 1º de janeiro de 2020, envolvendo 320 agentes, 65 viaturas e o uso de 75 etilômetros.

Conforme o Detran, o foco é a prevenção de acidentes nas rodovias estaduais, combatendo os principais fatores de risco, como a embriaguez ao volante, o excesso de velocidade e a ausência dos equipamentos de segurança, especialmente o cinto e o capacete.

Ainda segundo o órgão, a fiscalização já realizada nas praias nos fins de semana será reforçada para evitar o trânsito de veículos em áreas destinadas aos banhistas. A operação acontecerá nas praias do Cumbuco, Flecheiras, Mundaú, Porto das Dunas, Presídio, Icaraizinho de Amontada, Praia da Baleia, Canoa Quebrada, Majorlândia, Fortim e Jericoacoara.

RENATO BEZERRA | G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.