Aeroporto de Sobral deve receber propostas no dia 7 de janeiro

O novo terminal poderá receber aeronaves que o aeroporto atual não tem capacidade para receber | Foto: Jéssyca Marques

A Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) deverá receber as propostas de disputa para licitação do novo aeroporto de Sobral até o próximo dia 7 de janeiro de 2020. O certame trata dos serviços para a implantação da pista, dos acessos e serviços complementares do novo terminal na região Norte do Ceará. Ao todo, os investimentos para o projeto deverão somar R$ 61,8 milhões e não incluem, neste momento, a construção do terminal de passageiros. As informações foram confirmadas pelo titular da Pasta, Lúcio Gomes.

O edital para a construção da pista e do acesso do terminal de Sobral havia sido lançado no último dia 18 de novembro. A segunda parte da obra, referente ao terminal de passageiros, ainda deverá ser anunciada no futuro, mas ainda sem data definida.

Segundo o secretário da Infraestrutura do Estado, a divisão em dois editais distintos foi efetivada para assegurar a utilização de um recurso já garantido pelo Governo do Estado. "Já estamos com a verba garantida pelo governador", disse Gomes.

"O planejamento é que a gente possa, em dois anos, ter um equipamento que coloque Sobral e a Zona Norte numa posição de infraestrutura aeroportuária diferenciada, capaz de receber aviões de médio porte para acelerar cada vez mais nosso desenvolvimento", disse o secretário, em visita ao trecho onde ficará o novo acesso ao terminal. "A partir da definição do vencedor, nós vamos lançar a ordem de serviço imediatamente".

Atualmente, parte dos aeroportos regionais cearenses são administrados pela Superintendência de Obras Públicas (SOP), o antigo Departamento Estadual de Rodovias (DER) - entre eles, o de Sobral.

Andamento

Segundo informações da Seinfra, o novo aeroporto deverá ficará a 13 quilômetros da área urbana de Sobral. Está previsto que o equipamento terá uma pista de pouso e decolagem de 1,8 mil metros de comprimento por 30 metros de largura. O projeto contempla a possibilidade de receber aeronaves maiores que no terminal atual, como o Boeing B737-800, Airbus A319, Embraer EMB 190/135/120 e ATR 52/72. O novo aeroporto contará ainda com pistas de rolamento e pátio de aeronaves.

Gomes disse que o novo terminal deverá auxiliar o processo de desenvolvimento econômico da região, considerando que o antigo está com capacidade limitada. "Esse é um investimento fundamental para o desenvolvimento econômico, não só de Sobral, como de toda a região, que conta com diversas indústrias, universidades, hospitais e outros equipamentos. Além disso, o aeroporto de maior porte também irá fortalecer o turismo na região, que tem muitas belezas naturais".

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.