Guarany de Sobral é superado por Atlético e está eliminado da Taça Fares Lopes

O Guarany foi eliminado após o Atlético vencer por 3 a 0 e levar a decisão para os pênaltis | Foto: FCF TV / Reprodução.
REPORTAGEM DE THALES MENEZES / SOBRAL PORTAL DE NOTÍCIAS

Oito dias após abrir ampla vantagem jogando em casa contra o Atlético Cearense no primeiro jogo da fase semifinal da Taça Fares Lopes, o Guarany de Sobral foi eliminado da competição, neste domingo (20) e deu adeus à vaga na Copa do Brasil de 2020.

Ao contrário do 3 a 0 construído no Estádio do Junco na semana passada, faltou garra no clube sobralense para administrar o placar a seu favor. Dezenas de torcedores saíram de Sobral para assistir ao jogo na capital cearense.

Uma caravana foi de Sobral à Fortaleza torcer pelo Cacique do Vale | Foto: Hozanan Linhares
O primeiro tempo terminou com vitória parcial da Águia por 1 a 0. O gol foi marcado por Bruno Ocara, aos 15 minutos após Washington fazer boa jogada pela esquerda e confundir a defesa rubro-negra. A bola desviou em Max Oliveira antes de entrar.

A segunda etapa foi marcada por mais uma bobeada da defesa do Cacique do Vale. Aos 19 minutos, Emerson Catarina atraiu dois defensores, conseguiu passar por ambos e encontrou Ronda sozinho na entrada da área, que marcou o segundo gol da equipe da capital.

Por várias vezes os jogadores do Guarany de Sobral recuperaram a bola no setor de defesa e na tentativa de realizar ligação com o ataque acabavam devolvendo a bola para o time adversário.

O gol salvador que daria vaga ao bugre na final da Taça Fares poderia ter saído aos 31 minutos, quando Róbson Alemão aproveitou a falha do adversário e tocou para Márcio Diogo, que ao invés de tocar de volta para o seu companheiro, que estava na cara do gol, preferiu tentar uma jogada individual e não obteve êxito.

Outra oportunidade de gol dos rubro-negros aconteceu aos 38 minutos, após uma cobrança de falta na entrada da área. Taigo cobrou e a bola saiu por cima do travessão. O lance que originou a chance de gol teve a expulsão do goleiro Carlão, do Atlético, após tocar a bola com a mão fora da área.

Mesmo com um jogador a menos em campo, a equipe da casa pressionou e conseguiu um pênalti no final. Emerson Catarina foi derrubado por Elvis, que chegou atrasado no lance. O atacante Isac cobrou e deu números finais ao jogo na etapa normal.

Com o empate de 3 a 3 no placar geral, a partida foi decidida nos pênaltis. O destaque foi mais uma vez o decisivo Douglas, arqueiro da equipe sobralense. Ele conseguiu defender três cobranças mas não foi ajudado por seus companheiros. Nas cobranças alternadas Taigo colocou a bola no travessão e Waldson fez para a Águia da Precabura, que está na final e jogará contra o Caucaia, que venceu o Floresta por 2 a 1.

Os dois jogos finais serão disputados nos dias 27 de outubro e 3 de novembro.

A partida foi transmitida AO VIVO pela Equipe Amigos da Bola da Rádio Coqueiros Fm de Sobral e pelo SPN TV.



Confusão na arquibancada

Torcedores do Guarany de Sobral relataram que durante o jogo, uma mulher foi empurrada por um policial militar do Batalhão de Choque, que fazia a segurança no Estádio Presidente Vargas, durante uma discussão. O momento foi gravado por outros torcedores e está sendo compartilhado nas redes sociais.

O caso foi parar na delegacia onde o torcedor fez um boletim de ocorrência contra o policial alegando abuso de autoridade.

Veja abaixo:



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.