Ferroviária vence Cerro Porteño por 2 a 1 e está na final da Libertadores Feminina


A Ferroviária bateu o Cerro Porteño, do Paraguai, por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, em Quito, e está classificada para a final da Libertadores Feminina, mantendo o sonho do bicampeonato continental vivo. Nathane e Aline Milene marcaram os gols da equipe brasileira; Caceres descontou.

Para bater o Cerro, a Locomotiva não tive vida fácil. A artilheira da competição, Nathane, abriu o placar para a equipe do interior paulista aos 13 minutos da primeira etapa. Porém, a felicidade durou pouco e, com 28, as paraguaias empataram com Caceres, de pênalti, após falta dentro da área da goleira Luciana.

A igualdade persistiu até o intervalo. Mas a Ferrinha voltou mais ligada e com um golaço de Aline Milene chegou ao triunfo. A meia-atacante recebeu na ponta esquerda, cortou para o meio e acertou um belo chute no ângulo direito.

Existe a possibilidade ter uma reedição da final do Campeonato Brasileiro, caso o Corinthians se classifique diante do América de Cali nesta sexta-feira, às 19h, também em Quito, pela outra semifinal do torneio.

A Conmebol pagará US$ 85 mil (R$ 342 mil) para o time campeão da Libertadores, US$ 50 mil (R$ 201 mil) para o segundo e US$ 30 mil para o terceiro colocado.

GAZETA ESPORTIVA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.