Andressa Urach revela que teve recaída e fez sexo após se converter evangélica

Andressa Urach, que acaba de lançar seu mais novo livro "Desejos da Alma", revelou que teve uma recaída em seu voto de castidade e se relacionou sexualmente com Tiago Costa, pai de seu filho Arthur. Em entrevista à revista Quem, a ex-modelo, que virou evangélica há dois anos, falou sobre a nova fase da vida, relacionamentos, vício em sexo e a descoberta de uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) no início do ano.

"Quando me converti, abri mão da vida sexual. Depois de dois anos sem sexo, acabei caindo no pecado com meu ex-marido, só que na época a gente não estava casado. É difícil para uma pessoa que não é cristã entender que o sexo só deve ser feito depois do casamento. Me fazia mal desobedecer a Deus e isso me prejudicou. Quase me perdi nisso", afirmou Andressa.

Andressa e Thiago se relacionaram quando ela tinha 15 anos de idade. Eles ficaram juntos até 2008. Em 2016, ela reatou o romance com o homem, que é pai de seu único filho, Arthur, e, em outubro do mesmo ano, eles se casaram. O divórcio foi anunciado 2017, nas redes sociais da ex-modelo. A "recaída" teria acontecido pouco tempo após a separação.

Apesar de tudo, Andressa revelou que não tem interesse em namorar no momento. Ela contou que está há dois anos sem beijar na boca. "Depois que me divorciei, passei de um momento muito difícil. Não me sentia preparada para ter outra pessoa e é algo que estou estudando. Estou em uma fase de aproveitamento. Estou aproveitando tanto o meu filho que uma outra pessoa talvez não tenha espaço. Ele me ajudou tanto nessa fase", disse.

Ela ainda afirmou que teve dificuldades de vencer o vício em sexo quando se converteu. Andressa contou que, para driblar o desejo, passou a fazer várias orações. "Eu dormia com um homem por noite, todo dia tinha alguém diferente. Nunca imaginei que ficaria tanto tempo sem ter relação sexual. Orava muito pra vencer a tentação e bloqueava contatos que pudessem me levar a pecar", afirmou.

Andressa Urach revela: "Fui doar sangue e descobri que tinha sífilis"

Durante uma doação de sangue, Andressa acabou descobrindo que estava com sífilis. Contudo, ela conseguiu se curar rapidamente pois a doença estava em estágio inicial. "Foi um choque. Descobri quando fui doar sangue em uma campanha. Não sei de onde veio. Nem tinha os sintomas ainda. Não sei de onde veio, se foi do hospital, da vida promíscua ou de algum relacionamento. Minha última relação sexual foi há dois anos".


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.