Professor é preso por celebrar a morte de Policial nas redes sociais


Um professor de geografia foi preso nessa semana por apologia ao crime após comemorar a morte de um policial militar. O professor de Belo Horizonte, Pablo Emmanuel comentou uma postagem sobre a morte de agente em Ibirité, na região metropolitana da capital do estado.

O policial morto estava em um veículo, acompanhado da família, quando dois homens passaram em uma motocicleta e começaram a atirar. Pelas redes sociais, o professor comentou “Parabéns ao menino da moto”

O rapaz apagou o comentário, mas confirmou a publicação. A pena de detenção por apologia ao crime varia de 3 a 6 meses, ou multa.



JORNAL O DIA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.