Parques da Disney e aeroporto de Orlando fecham por causa de furacão


O furacão Dorian provoca uma situação rara na Walt Disney World, em Orlando: nenhum de seus parques funcionará depois das 15h desta terça-feira. O aeroporto internacional da cidade vai se antecipar e estará fechado a partir das 2h (3h, em Brasília).

As medidas de precaução levam em conta a ferocidade do furacão que deve alcançar o estado americano da Flórida na noite de segunda-feira, 2. Com categoria 4, Dorian é uma massa de destruição com ventos de 209 a 248 km/h. Deverá atropelar o que estiver às sua frente e vir acompanhada por chuvas intensas, que certamente causarão inundações. A catástrofe que causou nas Bahamas, por onde passou no domingo, 1, e deixou cinco mortos, atesta seu potencial.

Embora Orlando esteja a 60 quilômetros da costa leste da Flórida, por onde Dorian deverá passar, também será afetada pela tempestade. Desde que foi aberto, em 1971, seus parques fecharam por causa de outros três furacões – Floyd, em 1999, Matthew, em 2016, e Irma, em 2017 – e dos ataques terroristas aos Estados Unidos em setembro de 2001, segundo a rede de televisão CNN.

Segundo a Disney, o valor dos ingressos para os parques será reembolsado, desde que tenham sido adquiridos diretamente de seus postos de venda. O aeroporto de Orlando recomenda aos viajantes que consultem as companhias aéreas sobre a transferência de seus voos.

VEJA.COM

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.