Frota diz que discurso de Bolsonaro na ONU é ‘campanha para 2022’


O deputado Alexandre Frota (PSDB-RJ) subiu à tribuna do plenário da Câmara dos Deputados nesta 3ª feira (24.set.2019) para fazer críticas ao discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU). Para Frota, Bolsonaro usou o discurso para iniciar a campanha das eleições de 2022.

Alexandre Frota postou o vídeo de seu discurso na Câmara no Twitter, e questionou seus seguidores sobre o discurso do presidente na ONU. “Foi um discurso que deixou a desejar. Falou exatamente o que aquela bolha toda que o acompanha queria ouvir. E aí, deixou de falar dos inúmeros assassinatos, da Amazônia queimando, da falta de dinheiro para a Cultura, Educação, Saúde e, principalmente, para a Ciência e Tecnologia”, disse o deputado. Assista abaixo:



Na ONU, Bolsonaro criticou o socialismo, Cuba e governos que antecederam o seu. Ele falou também de economia, acordos comerciais internacionais, da Amazônia, e que não vai demarcar mais terras indígenas. “Ele falou que não tem viés ideológico, de ideologia de gênero e direitos humanos, ou seja, Bolsonaro iniciou no dia de hoje a campanha de 2022″, concluiu Frota.

Confira trechos do discurso de Bolsonaro:

Socialismo – “Meu país esteve muito próximo do socialismo, o que nos colocou numa situação de corrupção generalizada, grave recessão econômica, altas taxas de criminalidade e de ataques ininterruptos aos valores familiares e religiosos que formam nossas tradições”;
Mais Médicos – “Em 2013, 1 acordo entre o governo petista e a ditadura cubana trouxe ao Brasil 10 mil médicos sem nenhuma comprovação profissional. Foram impedidos de trazer cônjuges e filhos, tiveram 75% de seus salários confiscados pelo regime e foram impedidos de usufruir de direitos fundamentais”;
“Infiltrados cubanos” – “A história nos mostra que, já nos anos 60, agentes cubanos foram enviados a diversos países para colaborar com a implementação de ditaduras. Há poucas décadas tentaram mudar o regime brasileiro e de outros países da América Latina”;
Cubanos em Vezenuela – “Na Venezuela, esses agentes do regime cubano, levados por Hugo Chávez, também chegaram e hoje são aproximadamente 60 mil, que controlam e interferem em todas as áreas da sociedade local, principalmente na Inteligência e na Defesa”;
Foro de São Paulo – “O Foro de São Paulo, organização criminosa criada em 1990 por Fidel Castro, Lula e Hugo Chávez para difundir e implementar o socialismo na América Latina, ainda continua vivo e tem que ser combatido”;
Economia – “Não pode haver liberdade política sem que haja também liberdade econômica. E vice-versa. O livre mercado, as concessões e as privatizações já se fazem presentes hoje no Brasil”;
Acordos comerciais –  “Concluímos os 2 maiores acordos comerciais da história do país, firmados entre o Mercosul e a União Europeia e entre o Mercosul e a Área Europeia de Livre Comércio, o EFTA. (…) Estamos prontos também para iniciar nosso processo de adesão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)”;
Amazônia – “Problemas, qualquer país os tem. Contudo, os ataques sensacionalistas que sofremos por grande parte da mídia internacional devido aos focos de incêndio na Amazônia despertaram nosso sentimento patriótico”;
Soberania – “Um ou outro país, em vez de ajudar, embarcou nas mentiras da mídia e se portou de forma desrespeitosa, com espírito colonialista. Questionaram aquilo que nos é mais sagrado: a nossa soberania!”;
Donald Trump – “Um deles por ocasião do encontro do G7 ousou sugerir aplicar sanções ao Brasil, sem sequer nos ouvir. Agradeço àqueles que não aceitaram levar adiante essa absurda proposta. Em especial, ao presidente Donald Trump.”
Terras indígenas – “Hoje, 14% do território brasileiro está demarcado como terra indígena, mas é preciso entender que nossos nativos são seres humanos, exatamente como qualquer 1 de nós. Quero deixar claro: o Brasil não vai aumentar para 20% sua área já demarcada”;
Cacique Raoni – “A visão de 1 líder indígena não representa a de todos os índios brasileiros. Muitas vezes alguns desses líderes, como o Cacique Raoni, são usados como peça de manobra por governos estrangeiros na sua guerra informacional para avançar seus interesses na Amazônia”;
Defesa de liberdades – “O Brasil reafirma seu compromisso intransigente com os mais altos padrões de direitos humanos, com a defesa da democracia e da liberdade, de expressão, religiosa e de imprensa”;
“Terroristas” – “Em meu governo, o terrorista italiano Cesare Battisti fugiu do Brasil, foi preso na Bolívia e extraditado para a Itália. Outros 3 terroristas paraguaios e 1 chileno, que viviam no Brasil como refugiados políticos, também foram devolvidos a seus países. Terroristas sob o disfarce de perseguidos políticos não mais encontrarão refúgio no Brasil”;
Sérgio Moro – “Há pouco, presidentes socialistas que me antecederam desviaram centenas de bilhões de dólares comprando parte da mídia e do parlamento. (…) Foram julgados e punidos graças ao patriotismo, perseverança e coragem de um juiz que é símbolo no meu país, o Dr. Sérgio Moro, nosso atual Ministro da Justiça e Segurança Pública”;
Exigência de vistos – “Acabamos de estender a isenção de vistos para países como Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá, e estamos estudando adotar medidas similares para China e Índia, dentre outros”;
Religião – “É inadmissível que, em pleno século 21, com tantos instrumentos, tratados e organismos com a finalidade de resguardar direitos de todo tipo e de toda sorte, ainda haja milhões de cristãos e pessoas de outras religiões que perdem sua vida ou sua liberdade em razão de sua fé”;
Citação bíblica – “Nas questões do clima, da democracia, dos direitos humanos, da igualdade de direitos e deveres entre homens e mulheres, e em tantas outras, tudo o que precisamos é isto: contemplar a verdade, seguindo João 8,32: – ‘E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará’”;
Ideologia de gênero – “A ideologia se instalou no terreno da cultura, da educação e da mídia, dominando meios de comunicação, universidades e escolas. (…) Tentam ainda destruir a inocência de nossas crianças, pervertendo até mesmo sua identidade mais básica e elementar, a biológica.”

PODER 360

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.