Red Bull rebaixa Gasly para Toro Rosso e promove Albon com efeito imediato


A Fórmula 1 está de férias, mas a Red Bull não quer saber de descansar no momento. A equipe austríaca abriu a segunda-feira (12) com uma manobra ousada: Pierre Gasly foi enviado de volta para a Toro Rosso, consequência do começo de temporada decepcionante em Milton Keynes. Como consequência, Alexander Albon é promovido da ‘equipe B’ e vira companheiro de Max Verstappen.

"A Red Bull está na posição única de ter quatro pilotos talentosos que podem ser revezados entre Red Bull e Toro Rosso”, disse o comunicado da Red Bull. “O time vai utilizar as próximas nove corridas para avaliar a performance do Alex e fazer uma decisão de quem vai pilotar ao lado do Max em 2020. Todos no time estão ansiosos em receber o Alex e o ajudar durante sua próxima fase em sua carreira na Fórmula 1”, seguiu.

Gasly subiu para a Red Bull como substituto de Daniel Ricciardo, que partiu para a Renault. O francês chegou bem cotado, mas a decepção foi imediata: Pierre se mostrou errático e incapaz de sequer chegar perto do nível de performance de Max Verstappen.

Albon, enquanto isso, deu passos no aprendizado na Fórmula 1. O tailandês é estreante e, apesar de fazer um bom trabalho, soma menos pontos do que o companheiro Daniil Kvyat.

VITOR FAZIO / GRANDE PRÊMIO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.