Possível substituto de Neymar luta contra fama de cai-cai


Segundo o jornal inglês Mirror, o Paris Saint-Germain já separou 100 milhões de libras (R$ 502 milhões) e viajou para a Inglaterra para contratar o substituto de Neymar: Wilfried Zaha. Segundo a publicação, o clube francês acha que o atacante marfinense do Crystal Palace é o “candidato ideal para a missão de repor a saída do brasileiro”.

Mas, afinal, quem é Zaha?

O marfinense mora na Inglaterra desde os quatro anos de idade e não é exatamente uma revelação. Hoje com 26, ele já é profissional na Premier League desde a temporada de 2009/2010.

Zaha foi revelado pelo próprio Crystal Palace e acabou vendido ao Manchester United em 2013 por 10 milhões de libras (algo perto dos R$ 50 milhões).

Só que o que era para ser o auge na carreira acabou se transformando em uma grande frustração. O atacante se desentendeu com o treinador David Moyes e mal jogou: foram apenas quatro aparições com a camisa dos Red Devils, 166 minutos em campo pelo time profissional e nenhum gol marcado.

“Eu assinei com o Alex Ferguson e esperava que ele fosse o técnico. David Moyes chegou e colocou jogadores mais velhos para jogar. Em alguns jogos, não ficava nem no banco. Foi muito duro, frustrante. Você precisa que o técnico confie em você, e isso não acontecia”, disse à época.

A situação ficou tão ruim que rumores começaram a surgir sobre o comportamento dele fora dos gramados. Especulou-se até que ele estava com um caso com a filha de Moyes e por isso estava sendo ignorado pelo técnico.

“Foi estranho. Eu estava sendo torturado por uma coisa que eu nem tinha feito. E nem a conheci”, disse.

Do United ele foi emprestado para o Cardiff e depois de novo para o próprio Crystal Palace. Em 2015, acabou sendo comprado em definitivo pelo próprio Palace por 3 milhões de libras (R$15 milhões).

Em apenas dois anos, portanto, os Red Devils perderam cerca de R$ 35 milhões com ele.

Só que pelo Palace ele voltou a jogar bem e voltou a ser um queridinho da torcida. Nos últimos três anos, ganhou o prêmio de melhor jogador da equipe.

Zaha vem de uma temporada com 10 gols e cinco assistências em 34 jogos pela Premier League. Isso chamou a atenção de gigantes. Ele chegou a ter o nome especulado no Bayern de Munique e teria tido ofertas oficiais de Arsenal e Everton, ambas na casa das 40 milhões de libras e ambas rejeitadas pelo Palace.

O curioso é que ele, assim como Neymar, não gostou muito de não ter sido negociado e, segundo a imprensa inglesa, chegou a fazer um pedido formal ao clube para ser negociado.

Outra semelhança com Neymar também é ingrata: a fama de cai-cai. E, assim como o brasileiro, Zaha luta publicamente contra o rótulo e se diz perseguido por juízes e rivais.

“Eu costumava ficar irritado com a fama de cai-cai, agora me acostumei. A maioria das pessoas nem me vê jogar e me chama de cai-cai. Me assista jogando e veja o quanto eu apanho. Eu não saio de campo e me corto para fingir que fui chutado”, reclamou.

De fato, um levantamento feito pela BBC no começo da última temporada mostrou que Zaha era o segundo jogador que mais sofria faltas na Premier League nos últimos cinco anos, atrás apenas de Eden Hazard.

Como Neymar, Zaha também joga mais pelo lado esquerdo do campo. Às vezes é utilizado até como centroavante. Ele tem 1,80m de altura e pesa cerca de 66kg.

IGOR RESENDE / ESPN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.