Jovem com síndrome de Down é atropelada pela polícia durante perseguição no Ceará

Jovem teve escoriações nos pés e uma fratura em uma das mãos — Foto: Reprodução
Uma jovem de 19 anos com síndrome de Down foi atropelada por um policial em uma moto que fazia uma perseguição na Rua Coimbra, Bairro Cristo Redentor, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira (5). O PM fazia parte de uma equipe de motopatrulhamento que perseguia suspeitos no momento do atropelamento.

Em entrevista ao G1, Débora Maria, mãe da jovem atropelada, relatou que os policiais estavam em alta velocidade e que não prestaram socorro à vítima. Já a Polícia Militar do Ceará informou, em nota, que após o atropelamento, os policiais solicitaram de imediato ambulância para socorrer a vítima.

"Minha filha tinha voltado da igreja e estava sentada na calçada da casa de uma amiga. Aí o marcador de texto dela caiu na pista e ela foi buscar. Foi quando os policiais passaram em alta velocidade e atropelaram ela. Depois que eles perceberam o que tinham acontecido, foram socorrer o policial que ficou caído no chão e deixaram a minha filha de lado. Quem socorreu ela foi a população", relatou Débora Maria.

Ainda por meio de nota, a Polícia Militar informou que os policiais faziam motopatrulhamento na Rua Coimbra quando perceberam que suspeitos corriam pelo local. A nota ainda afirma que a jovem passou correndo na frente de uma das motos que estava perseguindo os suspeitos, sendo atingida.

A jovem sofreu uma fratura em uma das mãos e teve escoriações nos pés. Ela e o policial, que também sofreu luxações no ombro foram socorridos para o Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza.

ISAYANE SAMPAIO E LENA SENA | G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.