Ceará segue no mercado da bola para fechar com atacante camisa 9


O Ceará segue se movimentando nos bastidores do mercado da bola. Uma das prioridades do clube para reforçar a equipe na sequência da Série A do Campeonato Brasileiro é a contratação de um centroavante. Apesar de ainda não ter anunciado oficialmente, o Vovô já está acertado com o atacante Felippe Cardoso, jovem promessa de 20 anos que virá por empréstimo do Santos até o fim da temporada 2019. Entretanto, o objetivo é fechar com mais um nome experiente, que chega para brigar pela titularidade.

Com a saída de Ricardo Bueno para o CSA, cresceu a necessidade de trazer centroavantes para o elenco comandado pelo técnico Enderson Moreira. Para a posição, o Ceará tem Bergson, titular da posição, e Romário, atualmente como substituto imediato. A contratação de Felippe Cardoso tem o status de aposta em um jogador jovem que pode se destacar ganhando mais oportunidades com a camisa do Alvinegro do Porangabuçu.

A janela de transferências internacionais, mercado prioritário do Vovô para fechar negócio, abre dia 2 de julho. A expectativa é de que o clube anuncie um centroavante com o perfil pronto para a Série A nos próximos dias. Alguns nomes são especulados, como Lucca, Lucão e Lucas Barrios.

Com carreira consolidada na Europa e com Copa do Mundo no currículo, o paraguaio de 34 tem perfil de jogador "medalhão" que foge à filosofia da diretoria do Ceará. Com passagem recente pelo futebol brasileiro, Barrios vestiu as camisas do Palmeiras e do Grêmio, conquistando a Copa do Brasil 2015, o Campeonato Brasileiro 2016 e a Copa Libertadores 2017. Atualmente, o centroavante está no argentino Atlético Huracán.

O Esportes O POVO apurou que o Vovô apresentou proposta pelo atacante Lucca, 29, que atua no Al Rayyan, do Catar. Ex-Corinthians e Internacional, o maranhense é desejado por outros clubes do Brasil e estuda as ofertas para uma possível volta ao futebol tupiniquim. O atleta pode atuar tanto de centroavante referência quanto pelos lados.

Já Lucão chegou a ser especulado no início do ano, quando o Alvinegro ainda estava formando o elenco para a temporada 2019. Na ocasião, o centroavante de 27 anos preferiu deixar o Goiás para se aventurar no Kuwait SC, na Ásia. Insatisfeito, o atacante rescindiu e está livre no mercado da bola para assinar sem custos com qualquer equipe. O jogador quer voltar ao Brasil.

Enquanto não anuncia reforços, o Ceará segue trabalhando forte para a volta do Brasileirão. O clube retomou as atividades no início da semana.

O POVO ONLINE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.