Ceará quer recomeçar com bom resultado diante do Fluminense

Volante Fabinho é um dos mais regulares jogadores do Ceará na atual temporada | Foto: JL Rosa / SVM
Depois de um mês e dois dias sem jogos oficiais pelo recesso da Série A, o Ceará entra em campo, hoje, contra o Fluminense, às 20 horas no Maracanã, no fechamento da 10ª rodada, sonhando retomar os resultados positivos na Série A. Isso porque, antes da parada da competição, o Vozão empatou um jogo e perdeu dois, o último, contra o Vasco, em São Januário, na pior exibição do time na competição.

Para jogar melhor e vencer um adversário direto na luta pela permanência na Série A, o Alvinegro se apega ao longo período de treinamentos, renovando o grupo fisicamente, como também o técnico Enderson Moreira tendo finalmente inserido seus conceitos de jogo em 20 dias da chamada intertemporada.

O treinador do Vovô afirmou que espera uma mudança de patamar do time, pelo tempo trabalhado, por isso uma melhora de performance de jogo é aguardada, já que o time, em nove rodadas da Série A, teve bons momentos de futebol, como nas vitórias contra Grêmio e CSA, no Castelão, e partes dos jogos contra Avaí e Cruzeiro.

"Não jogamos pior que nenhum adversário na Série A. Acredito que o único jogo abaixo que fizemos foi diante do Vasco. Com o tempo de trabalho que tivemos, procuramos corrigir algumas situações, implementar outras, principalmente aquilo que penso de futebol e espero colocar em prática. Claro que não é garantia que dará certo, mas temos bons indícios que acontecerá ao longo da Série A", disse Enderson.

Sobre o 1º jogo de retorno após um mês de pausa da Série A, o treinador foi sincero. "Quem não conseguir esse primeiro resultado, não quer dizer que está tudo errado e para quem conseguir a vitória está tudo certo. Por mais que as semanas de trabalho tenham sido boas, não é garantia que funcionará no jogo. Eu espero que isso aconteça, mas temos um adversário que também trabalhou e espera ter evoluído. A parada foi boa para praticamente todas as equipes e vamos ver como cada time vai se sair", finalizou.

Para o duelo, o treinador deve manter a base que vinha jogando, até por ter recebido apenas dois reforços: o goleiro Lucas França e o atacante Felippe Cardoso, já que Lima, anunciado no último sábado pela diretoria do Alvinegro, ainda não foi regularizado.

Sem o zagueiro Luiz Otávio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Tiago Alves é o favorito à vaga, com Eduardo Brock correndo por fora. Sem problemas nos demais setores, o ataque deve ser modificado, com Felippe Cardoso fazendo sua estreia. Além dele, Rick também pode aparecer como opção, ao lado de Matheus Gonçalves.

O volante Fabinho espera um Ceará mais forte no retorno da Série A. "Realmente nessas últimas três partidas antes da parada a gente foi um pouco abaixo do que a gente vinha apresentando".

ADVERSÁRIO
O técnico Fernando Diniz comandou dois treinos fechados, na quinta e sexta-feira, e esboçou o time do Fluminense. Neste confronto, o treinador não deverá contar com o atacante Luciano, que tem proposta do Atlético-MG. Com seis partidas na competição nacional, o jogador não pode mais atuar, senão não poderá mais ser negociado para jogar pela equipe de Belo Horizonte neste Brasileirão.

Com isso, a tendência é a de que Pedro e João Pedro sejam escalados ao lado de González em um trio ofensivo neste duelo diante da equipe cearense.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.