Ceará e Fortaleza têm momento decisivo antes do retorno da Série A


Ceará e Fortaleza têm semana decisiva em suas preparações para o retorno da Série A do Campeonato Brasileiro. Depois da folga ao elenco por aproximadamente 10 dias após jogarem pela 9ª rodada na primeira quinzena de junho, os grupos de Vovô e Leão voltaram aos treinos com toda carga, trabalhando seus elencos fisicamente e taticamente, visando retornar melhor. Enquanto o Leão encara o Avaí neste sábado (13), na Arena Castelão, às 17 horas, o Vovô visita o Fluminense, no dia 15, segunda-feira, às 20 horas, no Maracanã.

Portanto, a semana que se inicia será para os últimos ajustes, com Enderson Moreira no Ceará e Rogério Ceni no Fortaleza, praticamente não ganharam novos reforços. Ambos receberam apenas um, com o atacante Felippe Cardoso assinando com o Vovô e Mariano Vásquez com o Leão.

No caso do Ceará, Felippe Cardoso chega para repor a saída de Ricardo Bueno, que foi para o CSA, enquanto o argentino chega ao Leão para preencher uma lacuna no meio campo deixada por Dodô.

Ou seja, os treinadores retornarão aos trabalhos praticamente com os grupos que iniciaram a Série A, se apegando a seus trabalhos táticos e na melhoria física de seus jogadores para darem um salto na tabela, já que ocupam posições intermediárias - ambos com 10 pontos - apenas a dois da zona de rebaixamento.

“Foi o momento de resgatarmos aspectos físicos de vários atletas que tiveram problemas ao longo do ano, muitas questões de jogo, mais precisamente ideias de jogo. Foi extremamente proveitoso esse tempo, espero que continue sendo ainda na semana. Não é garantia que irá funcionar, mas temos bons indícios. O grupo mostrou muita qualidade, se empenhando, se dedicando. A competitividade foi o ponto forte e nossa preparação muito satisfatória. Retomaremos para uma sequência difícil, mas espero bons jogos e boas atuações. Tenho convicção que o Ceará voltará melhor para o campeonato”, analisou o técnico Enderson Moreira.

O treinador do Vozão elogiou o grupo, os jogadores que estão voltando e aposta em Felippe Cardoso.
“Acho que quatro contratações extremamente importantes para gente já estavam dentro do clube. O Felipe Baixola, o Wescley, o William e o Quixadá, que praticamente não jogaram. Eu valorizo muito os jogadores que estão aqui. O elenco é muito qualificado, eu estou muito feliz pelo grupo que encontrei aqui no Ceará. O Felipe não teve uma sequência, oportunidade de mostrar toda sua qualidade e pode nos ajudar”, explicou o treinador do Ceará.

Diferenças
Mas uma diferença nos elencos pode ser notada após a parada da Série A para a Copa América e um mês sem jogos: enquanto o Vovô “ganhou” reforços vindos do departamento médico, como o volante William Oliveira, os meias Felipe Silva, Wescley e Juninho Quixadá, todos recuperados de lesão, o Leão de Aço perdeu cinco atletas na janela de transferências: o zagueiro Patrick, o meia Dodô, e os atacantes Júnior Santos, Marcinho e Matheus Alessandro.

Em contrapartida, dois jogadores importantes estão recuperados: o meia Edinho e o atacante Wellington Paulista.

“A saída de alguns jogadores faz parte do futebol. Esperamos as chegadas de outros, sabemos da qualidade deles. Esperamos suprir nos treinamentos. Já foi demonstrado que o nosso grupo é muito bom, com peças de reposição. Ele tem a chance de escolher as melhores opções, pois não temos apenas 11, temos um elenco. O Rogério ainda terá uma semana inteira para treinar. Acho que ele sabe o que tem nas mãos e faremos grandes jogos”, explicou o atacante tricolor.
Wellington Paulista espera suprir as saídas dos atacantes e marcar gols. “A parada era muito importante. Estou recuperado, contente e espero marcar gols, o que é mais importante”, disse o atacante.

Retorno
Analisando as formações de Ceará e Fortaleza nos jogos da 9ª rodada, praticamente um mês quando entrarem em campo de novo, é possível perceber que, para o retorno, as equipes devem mudar pouco. Contra o Avaí, o Leão deve ter o retorno de Edinho, recuperado de lesão da coxa esquerda, entrando na vaga de Dodô e com Wellington Paulista, também recuperado de lesão na panturrilha, na vaga de Marcinho.

Sem Nathan, suspenso, o Leão deve jogar assim em casa contra o Avaí: Felipe Alves; Gabriel Dias, Juan Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Juninho, Felipe e Edinho; Romarinho, André Luís e Wellington Paulista.

Já o Ceará deve manter a base que enfrentou o Vasco, apenas com Felippe Cardoso entrando na vaga de Bergson.

Sem Luiz Otávio, suspenso, o Vovô deve jogar com Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Eduardo Brock e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo e Fernando Sobral; Leandro Carvalho e Felippe Cardoso.

VLADIMIR MARQUES / DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.