Kawhi Leonard decide e Toronto bate Sixers para empatar a série na Filadélfia


Em mais uma partida emocionante das sensacionais semifinais de conferência da NBA, o Toronto Raptors superou o Philadelphia 76ers fora de casa por 101 a 96 e empatou a série em 2 a 2.

Do começo ao fim, a partida foi muito equilibrada, com inúmeras trocas de liderança. Quando uma equipe conseguia abrir uma vantagem, logo ela era cortada.

Assim foi até o final; mas, na hora de decidir, os Raptors se sobressaíram. Kawhi Leonard, com um arremesso espetacular dos três pontos, abriu 4 pontos de vantagem com um minuto no relógio. No lance anterior, Embiid havia errado um gancho de dentro do garrafão; na sequência, Tobias Harris desperdiçou um arremesso de três pontos e os Raptors já sentiram o gosto da vitória.

Os Craques e o show de Kawhi e Butler
Em quadra, sobram estrelas, e as duas mais brilhantes foram novamente Kawhi Leonard e Jimmy Butler.

O ala do Toronto Raptors é incontestavelmente um dos melhores jogadores desses playoffs. Suas incríveis médias de 31,5 pontos e 6,9 rebotes no mata-mata de 2019 foram superadas, e já no intervalo ele tinha um duplo-duplo de 15 pontos e 10 rebotes. Terminou a partida com 40 pontos, 14 rebotes e 5 assistências; de quebra, acertou um arremesso forçado dos três pontos, com um minuto restante, para abrir quatro pontos de vantagem e praticamente 'fechar o caixão'

Já Jimmy Butler, o destaque tanto no Jogo 2 (30 pontos e 10 rebotes) como no Jogo 3 (22 pontos, 9 rebotes e 9 assistências), foi novamente 'o cara' de Philadelphia, assumindo a responsabilidade durante toda a partida e terminando com 29 pontos, 11 rebotes e 4 assistências.

Joel Embiid dessa vez foi mais discreto, mas contribuiu, inclusive com assistências. Terminou a partida com 11 pontos, 8 rebotes, 7 assistências, 2 tocos e 2 roubos de bola, mas errou mais do que o permitido na reta final da partida. Simmons anotou apenas 10 pontos; Tobias Harris e JJ Redick, respectivamente, fizeram 16 e 19 pontos.

Pelos Raptors, Pascal Siakam, que era dúvida par ao jogo, e Kyle Lowry decepcionaram - apenas 9 e 14 pontos respectivamente. Vindo do banco de reservas, Serge Ibaka contribuiu mais do que o normal - 12 pontos e 9 rebotes, além de uma presença sempre incômoda no garrafão. Marc Gasol contribuiu com 16 pontos.

ESPN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.