Estudantes da UVA lançam livro sobre a história do Ceará


Foi lançado na noite desta segunda-feira, 13 de maio, no auditório do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), o livro “Nossa Gente, Nossa História: o Ceará republicano”. Organizada pelo professor Dr. Carlos Augusto Pereira dos Santos, do curso de história, a obra é composta por 23 artigos, que em sua quase totalidade foram produzidos por alunos e historiadores formados pela instituição.

O livro é dividido em quatro partes: "O sertão da água, da seca e da religião", que traz artigos sobre a temática da seca no Ceará e, especificamente, nos municípios de Varjota, Croatá e Massapê, mostrando nestes lugares, como os trabalhadores - homens e mulheres - foram explorados em corpos e mentes.

A segunda parte, "O mundo do trabalho e da educação", trata do ambiente rural dos engenhos e da agricultura na Serra da Meruoca, no município de Alcântaras, como também da organização dos trabalhadores rurais de Coreaú. Foca ainda nos projetos e práticas de combate ao analfabetismo no Ceará, além de análises do ensino da cultura indígena em Hidrolândia e modos de educar em Varjota.


A parte três, “Culturas e sociabilidades diversas”, traz diversas questões polêmicas, como o que tem em comum o universo queer no cinema e as sociabilidades homoafetivas no espaço citadino? O que um pai de santo em Sobral e um conjunto de mulheres rezadeiras de Alcântaras podem nos dizer sobre a prática da cura? Quais são as fronteiras culturais entre dançadores de reisado de Groaíras, jovens bailarinos da periferia sobralense e a obra do cantor Belchior?

Finalmente, a quarta e última parte foca em como a política e a economia interferem nas tramas do cotidiano nos municípios de Ibiapina e Camocim. Neste sentido, os autores percorrem os espaços citadinos trazendo suas singularidades nestes campos da história e tecendo análises de como elas se incorporam na historicidade destes municípios.

De acordo com o professor, o livro coroa a iniciativa dos estudantes da instituição, que apesar de todas as dificuldades investiram recursos próprios na publicação de suas pesquisas.

JERFSON LINS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.