Com quatro jogos em 10 dias, Fortaleza terá que rodar elenco

Wellington Paulista é um dos jogadores que não estarão em campo contra o Athletico/PR | Foto: JL Rosa
A resistência física dos jogadores do Fortaleza e a capacidade dos profissionais da comissão técnica e do departamento médico serão essenciais para os próximos dias da equipe, em diferentes competições.

O Leão do Pici fará quatro jogos em 10 dias, no decorrer dos quais não poderá contar com todos os jogadores, tanto por causa de lesões musculares, quanto pelo fato de que alguns não foram inscritos para determinadas disputas. Entre os dias 16 e 25 de maio, o Tricolor enfrentará o Athletico/PR (16), Chapecoense (19), Botafogo/PB (22) e Vasco (25).

O técnico Rogério Ceni já faz as contas para não deixar o time cair em nenhuma das partidas. O próximo jogo da equipe será pela Copa do Brasil, na próxima quinta-feira (16), às 19h15 (horário que foi antecipado das 21h30), contra o Athletico/PR, e há três jogadores do elenco que não poderão atuar nesse confronto.

Estão de fora dessa partida, os atacantes Kieza, Wellington Paulista e o volante Juninho. Kieza já atuou na competição pelo Botafogo, Wellington Paulista já jogou pela Chapecoense e Juninho, pelo Ceará.

Há ainda uma situação relativa às lesões. O atacante Osvaldo passa a ser dúvida para esse jogo, por conta de um desconforto no músculo da panturrilha e passará por exame de imagem hoje.

Esforço

Rogério Ceni já tem um diagnóstico da situação de jogos a cada três dias, como vem acontecendo, e o que fazer para driblar o esforço: "Provavelmente, nós vamos sofrer muito até a parada da Copa América, pois teremos jogos quinta, domingo, quarta e sábado. Esse é o preço que você paga. Nós levamos o time à final da Copa do Nordeste, nós chegamos até a final do Campeonato Cearense, ganhamos uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil", disse o treinador leonino.

Rogério considera também outros fatores: "É um momento bem delicado e precisamos ter um emocional muito forte, porque podem existir resultados ruins agora, pois disputamos três competições".

Rodar elenco

O treinador do Leão disse que vai continuar rodando o elenco. "Mudei bastante nesse jogo contra o São Paulo, colocando um time com mais condição de disputar a partida, mas infelizmente não conseguimos o resultado", explicou o comandante do Tricolor. Rogério fez oito alterações na equipe que havia feito o último jogo e informou que continuará fazendo o rodízio.

No ano de 2019, o Leão já fez 25 partidas e foram 25 formações diferentes devido ao acúmulo de jogos seguidos.

Juninho

O volante Juninho, que atuou contra o São Paulo, já está se encaixando nessa maratona de jogos. "Eu estou chegando e conhecendo os companheiros somente agora. Fui muito bem recebido, mas a partir da continuidade das partidas é que vou conhecer todos. Eu não fiz um treino com todo grupo ainda, porque tem sempre alguém se recuperando dos confrontos", disse o jogador do Leão.

Nas oitavas de final da Copa do Brasil, o Fortaleza receberá R$ 2,4 milhões de premiação por jogar a fase.

IVAN BEZERRA / DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.