Católicos queimam livros da saga 'Harry Potter' na Polônia


Padres católicos do norte da Polônia queimaram livros incluindo alguns da saga Harry Potter, além de outros itens que, segundo seus proprietários, teriam forças malignas. Imagens da queima de livros realizada no domingo, 31, em uma igreja de Gdansk, foram publicadas no Facebook pela fundação católica SMS z Nieba.

Nas fotografias, podemos ver uma máscara africana de madeira sendo queimada, uma pequena estátua budista e estátuas de elefantes, além de livros sobre personalidades e magia - como alguns livros de J.K. Rowling. Todos foram levados por fiéis, que foram incentivados pelos padres a limpar suas casas e retirar delas objetos com forças malignas. A Igreja Católica, que tem muito poder na Polônia, está contra os livros da saga Harry Potter, pois diz que eles promovem a bruxaria.

A fundação disse que a queima de livros tinha a intenção de alertar os fiéis acerca das más influências que supostamente vêm com a magia e o ocultismo. Muitos usuários do Facebook conderaram a queima dos livros, recordando que isso também ocorreu na Alemanha nazista antes da Segunda Guerra Mundial. Algumas pessoas disseram que isso transmite uma mensagem de intolerância e perguntaram se os próximos a serem queimados seriam as bruxas como na Idade Média.

O evento foi criticado pelo reverendo Wojciech Parafianowicz, porta-voz da diocese de Koszalin, onde fica o escritório da fundação, que disse que esse tipo de atividade é errada. Mas ao falar com o site wpolityce.pl, Parafianowicz argumentou que as ciências ocultas e a magia "são más influências para a vida das pessoas".

A Polônia é um país de maioria católica e tem o apoio de muitos membros do governo conservador.

ESTADÃO CONTEÚDO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.