Sobe para 23 o número de açudes sangrando no Ceará

Há uma semana, 20 açudes sangravam no Ceará. Com as chuvas do fim de março, o número chega a 23, segundo o Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Ainda assim, o Estado opera com apenas 13,8% da capacidade dos reservatórios.

Um dos mais recentes a sangrar foi o açude Missi (com capacidade de 65,3 hm³), em Miraíma, município distante 206,2 km de Fortaleza. Também em Miraíma, sangrou o São Pedro Timbaúba. O açude de maior capacidade entre os que sangram é o Itaúna, em Granja, na Região Norte do Estado.

Na Capital, o Cocó continua operando quase na totalidade, com 99,97%. 

São 94 observatórios com volume inferior a 30% de sua capacidade total. Oito desses continuam totalmente secos.

Confira todos os açudes sangrando às 15 horas desta quinta-feira, 28 de março:

Acaraú Mirim (Massapê), Angicos (Coreaú), Batalhão (Crateús), Batente (Ocara), Caldeirões (Saboeiro), Cauhipe (Caucaia), Diamantino II (Marco), Gameleira (Itapipoca), Gangorra (Granja), Germinal (Palmácia), Itapebussu (Maranguape), Itaúna (Granja), Jenipapo (Meruoca), Maranguapinho (Maranguape), Missi (Miraíma), Quandu (Itapipoca) São José I (Boa Viagem), São Pedro Timbaúba (Miraíma) São Vicente (Santana do Acaraú), Tijuquinha (Baturité), Tucunduba (Senador Sá), Valério (Altaneira) e Várzea da Volta (Moraújo).


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.