Enel compensa consumidores em Março após ataques

Contas de energia de março de alguns consumidores tiveram a compensação feita pela Enel | Foto: Kid Júnior
Consumidores cearenses que tiveram o fornecimento de energia interrompido em decorrência dos ataques violentos no último mês de janeiro notaram uma diferença na fatura de março. A Enel Distribuição Ceará está ressarcindo os clientes por ter ultrapassado o tempo máximo permitido de pausa no fornecimento de energia com uma compensação na conta de luz que, em alguns casos, chega a zerar o valor a ser pago.

Em nota, a Enel Ceará respondeu que "as operações da empresa foram fortemente impactadas nos meses de janeiro e fevereiro pela crise de segurança pública no Estado. Por medida de segurança, a distribuidora precisou suspender serviços de manutenção e emergência por alguns dias, afetando diretamente a duração das interrupções do fornecimento de energia para alguns clientes".

A distribuidora explica que, nessas situações, compensa (crédito) de forma automática nas faturas, em até dois meses, após o período da apuração. "O cálculo do crédito varia de acordo com cada consumidor e é feito com base em fatores como a duração e a frequência da interrupção no serviço, além do valor da conta", diz a nota da empresa.

A Enel Ceará não informou o número de consumidores compensados pela interrupção no fornecimento de energia em janeiro. Em nota, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) afirmou que que, na semana que vem, a distribuidora deve enviar os dados à Aneel.

O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE), Thiago Fujita, orienta que, em casos de pausa no fornecimento de energia elétrica, o consumidor deve imediatamente entrar em contato com a concessionária. "Se essa suspensão ocorreu por força de terceiros, a distribuidora deve restabelecer a energia em até quatro horas. O consumidor deve, ao entrar em contato, anotar todos os protocolos", frisa.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.