Carille sobre mudança no 2º tempo: "Ceará não tinha jogadores de velocidade, eram todos meias"


O técnico do Corinthians, Fábio Carille, comentou em entrevista coletiva a mudança de postura que o Timão teve no 2º tempo e que culminou com a vitória da sua equipe por 3 a 1, ontem, na Arena Castelão, sendo dois gols marcados na segunda etapa.

A chave da mudança de postura do time paulista, na avaliação do treinador, foi a alteração de posicionamento da sua linha defensiva no intervalo, tendo em vista a característica dos jogadores do Ceará. Para ele, o Vovô jogava num sistema com pontas, mas com jogadores com característica mais lenta naquela posição, o que não justificaria a linha defensiva mais baixa da sua equipe no 1º tempo.

"Achei que nossa linha defensiva estava muito atrás. Foi o que eu falei no intervalo. Subir mais os quatro jogadores (de defesa) porque o Ceará não tinha jogadores de velocidade, eram todos meias. Felipe e Chico, que joga pela direita, não tem essa característica de receber em profundidade, a gente poderia ter subido a linha mais", disse em entrevista coletiva.

O resultado foi péssimo para o Ceará e excelente para para o Corinthians, que pode perder até de 1 a 0 que se classifica para a próxima fase da Copa do Brasil. Se o Vovô conseguir devolver placar com dois gols de diferença, a partida ainda irá para penalidades. Somente a vitória por 3 gols de diferença garante o Alvinegro cearense na próxima fase diretamente.

"A vantagem é muito boa, muito boa mesmo, mas temos que levar a sério", pontuou o treinador do Timão. As equipes voltam a se encontrar dia 3 de abril, em São Paulo.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.