Ataque a tiros deixa 3 mortos e vários feridos em Utrecht


Ao menos três pessoas morreram e nove foram feridas por disparos efetuados por um homem contra um bonde na cidade holandesa de Utrecht na manhã desta segunda-feira (18). O prefeito de Utrecht, Jan van Zanen, confirmou o número de vítimas.

Segundo testemunhas, um homem sacou uma arma e começou a disparar de forma aleatória na praça 24 de Outubro, onde passam várias linhas de bonde. Depois ele fugiu, e seu paradeiro é desconhecido, afirmou a polícia, que iniciou uma operação de busca.

A polícia divulgou algumas horas depois que procura um homem de 37 anos, nascido na Turquia e identificado como Gökman Tanis. Um foto mostra ele dentro de um bonde do transporte público. Ele é considerado o principal suspeito.

O diretor da Agência Nacional de Segurança e Antiterrorismo (NCTV), Pieter-Jaap Aalbersberg, disse que "houve disparos esta manhã em Utrecht em vários lugares", sem dar mais detalhes.

A polícia alemã afirmou que foi avisada pelas autoridades holandesas para ficar de olho num carro Renault Clio, mas que mais tarde as mesmas autoridades comunicaram que o veículo fora encontrado, abandonado.

A imprensa local noticiou que ao menos uma pessoa foi morta no ataque. O corpo dela está ao chão, ao lado dos trilhos do bonde, e foi coberto com um lençol, afirmou a agência de notícias holandesa ANP.

A polícia comunicou que várias pessoas ficaram feridas e que não descarta uma motivação terrorista no atentado, que ocorreu na praça 24 de Outubro.

O governo da Holanda elevou o alerta de terrorismo ao nível máximo na província de Utrecht porque o atirador está foragido.

DW.COM

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.