Alexandre Pato receberá no São Paulo mais de R$ 8 milhões por ano, fora luvas


Alexandre Pato será jogador do São Paulo até o fim de 2022. O acerto foi sacramentado nesta quarta-feira e incluirá pagamento da rescisão contratual com o Tianjin Tianhai, da China, e salários de mais de R$ 8 milhões por temporada, sem contar luvas.

O período exato do vínculo do atacante é de 3 anos e 9 meses. Para 2019, contudo, ele não poderá ser inscrito no Campeonato Paulista, que terá sua final em 21 de abril.

A assinatura do contrato renderá luvas de 1 milhão de euros (R$ 4,4 milhões na cotação atual), o que incrementará os vencimentos de Pato. Em salários, o atleta ganhará aproximadamente 2 milhões de euros (R$ 8,8 milhões) por ano, livres de impostos.

O São Paulo ainda desembolsará um valor extra para cobrir o dinheiro pago pelo próprio Pato para se desvincular de seu clube na China: 2,5 milhões de euros (R$ 11 milhões).

Apesar de ser o primeiro reforço para Cuca, que assumirá em 2 de abril, Pato não foi indicado pelo técnico. Vem por desejo do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que gosta do jogador e entende que ele pode ajudar.

A imagem foi criada a partir na passagem pelo São Paulo entre 2014 e 2015.

Emprestado pelo Corinthians naquela ocasião, Pato fez 101 jogos e 38 gols, tendo sido vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 2014 e anotado 26 tentos na temporada seguinte, consolidando-se como artilheiro do clube.

Inicialmente Cuca não era muito fã da ideia e disse à diretoria que preferia que os recursos financeiros do clube para o mercado de transferências --que não são muitos-- fossem direcionados para os reforços indicados por ele.

O treinador acabou concordando com a vinda do atacante quando foi informado que essa contratação não implicaria em outras. Ajudou o fato de Pato estar sem clube, eliminando gastos por transferência, e aceitar receber o teto do clube.

ESPN BRASIL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.