Jogador do Botafogo-PB é acusado de estuprar funcionária do clube


O Botafogo-PB voltou às páginas policiais neste domingo (03), depois da vitória contra o Fortaleza, no sábado (02).

Acontece que o meio campista Netinho foi acusado de cometer estupro contra uma funcionária do clube. O jogador chegou na concentração por volta das 6 da manhã, e teria tentado abusar de uma senhora de 70 anos que trabalha no local.

A diretoria botafoguense vai se reunir nesta segunda-feira (04) para investigar o ocorrido e estudar as medidas cabíveis. Porém, o presidente do Belo, Sérgio Meira, já adiantou que Netinho será desligado do clube, já que é reincidente em problemas disciplinares.

Ademir Leme, diretor de futebol do Botafogo-PB, em entrevista ao Portal Correio, falou sobre o assunto.

– O dia foi muito difícil ontem (sábado). Não temos provas, não sabemos 100% do que aconteceu e iremos conversar com a senhora e com Netinho para saber o que realmente se passou – disse.

Vale lembrar que na estreia do Campeonato Paraibano, quando enfrentou a Perilima, o Botafogo-PB entrou em campo com uma faixa que pedia o fim da violência contra a mulher, aderindo a uma campanha promovida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa. Mas, apesar das falas específicas dos dirigentes, o clube ainda não se posicionou oficialmente sobre o ocorrido. A expectativa é que isso aconteça após a reunião da segunda-feira.

* Com Equipe @Vozdatorcida

PARAIBA ONLINE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.