Chega a 330 o número de detidos por participação em ataques no Ceará


No 11º dia da onda de violência no Ceará, 330 pessoas foram detidas por participação nos ataques criminosos no Estado, segundo informações repassadas pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Nas últimas horas, 11 suspeitos foram capturados na participação dos atos criminosos ocorridos na Capital e no interior.

Com mais dois ataques registrados em Fortaleza e na Região Metropolitana na manhã deste sábado, 12, o Ceará vive a mais longa crise de segurança pública já registrada. Agentes da Força Nacional estão no Estado para colaborarem no combate à série de ataques, além do reforço de policiais de Pernambuco, Piauí e Santa Catarina.

Neste sábado será realizado uma sessão extraordinária para votação de um projeto de lei desenvolvido pelo governador Camilo Santana, no qual a população poderá denunciar os autores dos ataques. A ‘Lei da Recompensa’ prevê o pagamento de uma quantia para as informações relatadas pelos cidadãos e que resultem na prisão dos criminosos como também na prevenção de futuros ataques.

O POVO ONLINE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.