Prefeitura inicia processo de regularização fundiária do Complexo Monsenhor Aloísio Pinto


A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Regularização Fundiária Urbana e Rural (UGPRFUR), reunirá os moradores do Complexo Monsenhor Aloísio Pinto para explicações sobre o programa "Escritura Já". "Na ocasião, vamos discutir as etapas do processo de regularização e os benefícios que as famílias terão com a entrega do papel da casa", informa o coordenador da UGPRFUR, Antônio Aragão Pontes.

A UGPRFUR foi criada em 2017, ligada à estrutura da Sedhas, com o objetivo de promover a regularização de famílias beneficiadas com programas habitacionais do município. No início de 2018, mais de 400 famílias do bairro Novo Recanto receberam o papel da casa. Também está em andamento o processo de regularização das famílias do Residencial Parque Mucambinho II, no bairro Dom José. Brevemente, 287 famílias do bairro receberão os documentos de posse.

Ascom PMS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.