Encontro sobre regularização fundiária reúne moradores do Complexo Mons. Aloísio Pinto

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), por meio da Unidade de Gerenciamento de Projetos de Regularização Fundiária Urbana e Rural (UGPRFUR), realizou, nesta quinta-feira (08/11), a primeira reunião de mobilização com os moradores do Complexo Monsenhor Aloísio Pinto. Cerca de 1200 moradores participaram do encontro na quadra esportiva do Complexo, próxima ao Centro de Saúde.

"A próxima etapa será a atualização das plantas do território, por conjunto, iniciando pelo Parque Santo Antônio e depois seguiremos com a etapa do cadastramento, quando serão colhidos os dados da família, a coleta de documentação e encaminhamento para cartório", informa Renata Farias, da Célula de Acompanhamento e Monitoramento Social da UGPRFUR.

Criada pelo Decreto Municipal nº 1892, de 14 de junho de 2017, a UGPRFUR tem como objetivo propor diretrizes, acompanhar e avaliar a implantação das ações de regularização fundiária no município. Até 2020, vários bairros serão beneficiados.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.