Bolsonaro quer aprovar idade mínima para servidores públicos ainda neste ano


Jair Bolsonaro (PSL) pretende aprovar a idade mínima para aposentadoria de servidores públicos ainda neste ano. Em entrevistas concedidas, ontem, à Band à TV Aparecida, o presidente eleito afirmou que seria um “grande passo” fixar a idade de 61 anos para que os homens que trabalham no setor público se aposentem, e as servidoras poderiam pedir a aposentadoria aos 56.

Em quase duas horas de entrevista ao apresentador José Luis Datena, da Band, Bolsonaro falou de tudo um pouco: criticou o Enem por questões ligadas às minorias, como LGBTs, defendeu que alunos gravem professores em sala de aula — mesmo com uma decisão da Justiça e declarações contrárias à prática de instituições, como a OAB — e aprovou a ideia do governador eleito do Rio, Wilson Witzel (PSC), de usar drones com armas acopladas e atiradores de elite para “botar um ponto final nisso daí”, em referência à violência em comunidades do estado.

Bolsonaro voltou a repetir que aprovar o excludente de ilicitude, para que policiais e militares das Forças Armadas sejam investigados e não punidos, caso atirem e matem uma pessoa durante operações, pode diminuir a violência no Rio e em todo o país.

Questionado sobre qual será o papel do futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, o juiz federal Sérgio Moro, Bolsonaro reafirmou que ele terá “carta branca”, mas que quando houver discordâncias em bandeiras históricas do bolsonarismo, como a flexibilização do Estatuto do Desarmamento e a redução da maioridade penal, eles terão que chegar a um “meio-termo”.

EXTRA.GLOBO.COM

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.