Secretaria da Justiça cria grupo especial para fiscalizar maiores presídios do Ceará


A Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus) criou o Grupo de Inspeção e Vistoria (GIV), para intensificar a fiscalização dos presídios do Ceará. A criação do grupo foi assinada pela secretária de Justiça Socorro França, e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira (28).

De acordo com a portaria da Sejus, o principal objetivo do GIV é "inspecionar as unidades prisionais e cadeias públicas da Região Metropolitana (de Fortaleza)" e apresentar relatórios acerca do trabalho.

A região tem os presídios mais superlotados e conflituosos do estado, como as Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPLs) em Itaitinga e a Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, conhecida como 'Carrapicho', em Caucaia. As unidades registraram diversas rebeliões, conflitos e fugas nos últimos anos.

Vistorias
O GIV também irá fiscalizar os agentes penitenciários da Região Metropolitana, assim como o cumprimento do abono especial por reforço operacional (hora extra). O grupo irá elaborar um cronograma mensal para a execução de vistorias.

O Grupo de Inspeção será subordinado ao supervisor do Núcleo de Segurança e Disciplina (Nused) da Secretaria da Justiça.

Em nota, a Secretaria informou que o Grupo de Inspeção e Vistoria foi criado com intuito de auxiliar a realização de vistorias e inspecionar os procedimentos nas cadeias públicas e grandes unidades prisionais da Região Metropolitana de Fortaleza.

"A ideia é apoiar o trabalho dos agentes plantonistas no combate aos ilícitos dentro das unidades prisionais. Mensalmente, será feito um calendário de vistoria que contemplará 25 unidades prisionais", comunicou.

G1/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.