Aluno é apreendido em escola estadual, após ameaçar professor com simulacro de pistola


Um estudante de 16 anos, da Escola de Ensino Médio Deputado Paulo Benevides, no bairro Messejana, foi apreendido na tarde dessa terça-feira (30), após ameaçar o professor de Sociologia com um simulacro de pistola. O estudante foi conduzido à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), no bairro Presidente Kennedy, mas liberado à noite, depois que a mãe assinou termo de responsabilidade. A escola ainda não se manifestou sobre o caso.

O Blog apurou que o aluno deixou sobre a cadeira do professor uma camisa com a propaganda de campanha do presidente eleito Bolsonaro. A atitude seria uma resposta ao professor, que dias antes da votação do último domingo (28) teria destacado a candidatura Haddad em sala de aula.

O Blog apurou ainda que o professor teria se desculpado com a turma e pedido ao aluno para retirar a camisa. O estudante então teria recusado o pedido e retirado o simulacro de dentro da mochila, quando passou a ameaçar o professor.

Alguns estudantes correram para fora da sala e relataram a situação para a diretoria, que acionou a Polícia.

Blog do Eliomar/O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.