Rogério Ceni diz que começar atrás no placar tem atrapalhado o Fortaleza

Há uma coisa em comum nos cinco primeiros jogos do Fortaleza no returno. Em todos, o Leão começou perdendo. Contra Guarani, Boa Esporte e Londrina o time conseguiu viradas no segundo tempo, mas diante do CRB e, mais recentemente, do Goiás, o tricolor cearense não reverteu o placar e saiu de campo derrotado. Para o técnico Rogério Ceni, a condição de correr atrás do prejuízo dificulta o trabalho. 

"Tem atrapalhado muito. Com exceção do Guarani, em que fizemos um primeiro tempo ruim, nos outros jogos fomos muito melhores e saímos perdendo em todos eles. Isso é difícil, tem que ter mais perna, o gasto físico e mental é muito maior e o atleta fica mais preocupado. É bom uma hora sair na frente, para manter o placar", disse o técnico do Fortaleza.

Na avaliação de Ceni, foi injusto começar perdendo diante do Goiás. "Depois de 25 minutos bem jogados, uma bola parada muda o jogo", disse. Ele se refere a jogada que começou em um escanteio e terminou com um gol de Victor Ramos, após um bate-rebate na grande área tricolor.

O esmeraldino chegou a abrir 2 a 0 nos primeiros 45 minutos e o comandante tricolor justificou o resultado pela desorganização do Leão após sofrer o primeiro tento. “Claro que você se desorganiza quando tá perdendo, é normal, todo mundo tem o ímpeto de fazer o gol, alguém abandona a posição, vai lá na frente e você toma gol por isso, então a gente tem que ter um pouco mais de calma", alegou Ceni.

Sobre não ter conseguido a virada no segundo tempo, como no jogo anterior, diante do Londrina, o treinador usou a saída de Gustavo para justificar a ineficácia da estratégia. 

“Quando tirei o Ederson, o Gustavo logo em seguida se machucou e ficamos sem centroavante. O Dodô cansou um pouco e eu empurrei ele para nove, para poder deixar mais confortável. Quando fizemos 2 a 1 precisávamos ter tido um pouco mais de calma, melhor postura, esperar um pouco mais. O goleiro deles já tinha falhado contra o Vila Nova, se sentia um pouco inseguro, nós tínhamos que tentar finalizações da entrada da área. Mas vejo o resultado como normal", disse.

O Fortaleza volta a jogar na terça-feira, 4, no Castelão. O adversário será o Figueirense e a partida está marcada para 21h30min. 

TV Foco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.