Pabllo Vittar encerra parceria com marca após proprietário apoiar Bolsonaro

A cantora Pabllo Vittar resolveu colocar um fim na parceria que tinha com a marca de sapatos Victor Vicenzza. O anúncio do rompimento foi feito neste sábado, 1º, logo após o dono da grife manifestar apoio ao presidenciável do PSL Jair Bolsonaro nas redes sociais.

Em seu perfil no Instagram, Pabllo desabafou sobre as dificuldades de encontrar marcas que realmente tenham interesse em trabalhar com artistas LGBT+. "Deixo aqui meu agradecimento de apoio até agora, mas não poderia aliar meu trabalho a um discurso que deixa claro não se importar com os direitos humanos de toda a comunidade LGBTQIA da qual faço parte", escreveu em publicação no Instastories. LGBTQIA é a sigla para designar Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgêneros, Queer, Intersexo e Assexual.

"Adianto que foram produzidos alguns trabalhos que contêm peças de marcas que, a partir de agora, não vinculo mais a minha imagem", concluiu.

O dono da marca, Victor Vicenzza, também se pronunciou sobre o assunto. "Acredito que Bolsonaro é o único candidato apropriado para liderar a nação", disse em nota oficial lançada no Instagram.

A marca, que é conhecida por vender sapatos femininos de tamanhos grandes com o objetivo de atingir o público LGBT, foi acusada de oportunismo, já que suas campanhas publicitárias carregam uma mensagem de empoderamento e diversidade, o que vai totalmente contra o discurso pregado pelo candidato apoiado pelo proprietário.

"Se eu, Victor, estivesse exclusivamente pensando em dinheiro, sob hipótese alguma, manifestaria publicamente meu posicionamento político. Estou junto na sua luta, por uma nação grande, próspera e unida", finalizou.


O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.